Você começou a investir e viu que a diversificação da sua carteira é realmente importante. Mas, ainda não tem nada de criptomoedas e gostaria de se expor a esse mercado, só não sabe como começar. Vamos te falar neste artigo sobre o BITH11 e como é possível ter um pouquinho de criptomoedas sem muita complicação. 

Você começou a investir e viu que a diversificação da sua carteira é realmente importante. Mas, ainda não tem nada de criptomoedas e gostaria de se expor a esse mercado, só não sabe como começar. Vamos te falar neste artigo sobre o BITH11 e como é possível ter um pouquinho de criptomoedas sem muita complicação. 

De fato, ter criptomoeda não é algo tão simples assim para quem está começando a investir. Isso porque, não é possível comprá-las da mesma maneira como compramos uma ação, por exemplo. Contudo, com as ETFs de criptomoedas essa exposição se torna mais simples e possível.

Isso é mostrado, por exemplo, em um levantamento divulgado pelo E-investidor que mostra que houve um crescimento de 1.266% no número de investidores alocados em fundos e ETFs de criptoativos em 2021 ante o ano anterior. Isso representa mais de 410 mil investidores.

A valorização do bitcoin, das criptomoedas como um todo, e a alta procura por esse tipo de ativo impulsionaram a criação de ETFs de bitcoins, como o BITH11. Antes de explicarmos o que é o BITH11, é preciso entender como funciona um ETF, certo? Vamos lá!

Leia também: Criptomoedas: guia sobre o mercado das moedas virtuais

O que é um ETF? 

ETF ou Exchange Traded Funds (fundo de índice) são fundos negociados na bolsa de valores. Eles possuem um portfólio de ativos e replicam algum índice de referência. Um índice indica quais as ações ou criptomoedas, no caso de ETF de criptomoedas, estão sendo mais negociadas em bolsa. 

Dessa forma, um ETF reúne vários ativos em um mesmo fundo. Então, quando você compra um ETF é como se você estivesse investindo em um mercado todo. No que diz respeito ao ETF de bitcoin, ele busca replicar o preço da moeda , por isso, existem fundos como o BITH11 que investe seus recursos quase 100% em bitcoin.

O que é o BITH11? 

O BITH11 é um ETF de bitcoin que tem a gestão da Hashdex (gestora que lançou o primeiro ETF de criptomoedas no Brasil) e tem como banco custodiante o Banco Genial S.A. Esse fundo replica o Nasdaq Bitcoin Reference Price (“NQBTC” ou “Índice”), o índice criado pela Nasdaq para oferecer o preço de referência de bitcoin em tempo real. 

O BITH11 é o primeiro ETF verde de bitcoin do Brasil. Isso porque a gestora Hashdex busca neutralizar as emissões de carbono utilizadas durante a mineração de bitcoin.

Esse fundo possui taxa de administração de 0,7% ao ano e seu patrimônio é investido em no mínimo 95% em bitcoin para refletir a performance do NQBTC. Uma cota do fundo tem o valor médio de R$50,08. Contudo, esse valor pode mudar de acordo com o mercado, a qualquer momento. 

Para investir no BITH11 não é preciso ser um investidor qualificado. Isso significa que qualquer pessoa que tenha uma conta em uma corretora pode começar a se expor às criptomoedas sem muita complicação.

Leia também: O que é uma wallet bitcoin? Como ela funciona e quais seus principais tipos?

Vale a pena investir em BITH11?

Para saber se vale a pena investir em BITH11 ou em qualquer outro ETF de bitcoin ou de criptomoedas você deve levar em consideração que a escolha de qualquer investimento é pessoal, pois é essencial que considere o seu perfil de investidor. Além disso, é preciso avaliar também alguns pontos, como: 

  • Taxa de administração; 
  • Objetivos do fundo;
  • Perfil da gestão. 

Uma das vantagens de investir em BITH11 é que não há prazos determinados de resgate e de cotização. Ou seja, ele pode ser negociado a qualquer momento. De forma simples isso significa que também é  possível vender sua cota sempre que  outro investidor estiver disposto a comprá-la. 

Outro fato que é importante entender é que quando investimos em um ETFs de bitcoin, como o BITH11, quer dizer o mesmo que investir em qualquer outro ativo na bolsa de valores

Dessa forma, perde-se a característica natural das criptomoedas de serem descentralizadas e terem um outro tipo de proteção. Isso porque a bolsa de valores é um ambiente totalmente regulado. 

Além disso, como o BITH11 é praticamente 100% de bitcoin, você precisa lembrar que ele estará sujeito a qualquer oscilação que o bitcoin tiver. Portanto, analise bem seu perfil e se está realmente disposto a fazer o investimento, assim como qualquer outro. 

Mas, se mesmo assim você pretende investir, para te ajudar um pouco na análise do BITH11, é um dos ETFs de Bitcoin que possui uma taxa de administração mais baixa. 

Leia também: Como analisar criptomoedas: o que levar em consideração ao começar a investir

Como saber a cotação do BITH11?

Para saber a cotação do BITH11 no momento em que deseja comprar uma cota, é possível pesquisar por esse ticker no home broker da sua corretora. 

No entanto, se você ainda não tem conta em uma corretora e está apenas pesquisando sobre o assunto, outros sites, como Infomoney, por exemplo, mostram as informações atualizadas, como a cotação do BITH11 em tempo real, como é possível visualizar  no gráfico abaixo. 

É possível ver gráficos comparativos com vários períodos para estudar se vale a pena o investimento ou se é melhor optar por outro. 

bith11 gráfico

Fonte: Infomoney

Viu como nem é tão complexo assim diversificar a carteira sendo exposto também ao bitcoin? 

Agora que você sabe o que é BITH11 ficou querendo saber mais sobre esse mercado? Então, você pode se interessar por duas opções de curso de criptomoeda para aprender a investir.

Se você gostou deste conteúdo, continue acompanhando tudo que acontece no mercado financeiro pela Digilândia.

Comentários

Salvar