Doce ou salgado? Noite ou dia? Quente ou frio? Bitso ou Mercado Bitcoin? A vida é feita de escolhas, já reparou? Algumas básicas e rotineiras, outras mais complexas que, muitas vezes, impactam bastante o futuro de cada um.

Na hora de descobrir qual a melhor plataforma de criptomoedas, por exemplo, é preciso ter em mente que você estará lidando com empresas que tratam de ativos digitais com valor financeiro.

Temos certeza que você não quer perder nenhum centavo que tem guardado, não é mesmo? Seguindo esse princípio, a relação que terá com as suas criptomoedas precisa ser, basicamente, a mesma.

Por conta disso, a segurança deve ser um dos primeiros critérios dessa análise. Mas é claro que nesse mercado outros pontos também devem ser considerados, tais como quais meios de pagamentos são aceitos, valores das taxas, tempo de liquidez, diversidade de criptos e tokens oferecidos, entre outros.

Mas com tantas opções disponíveis, como saber qual corretora atende esses parâmetros? Bitso ou Mercado Bitcoin, por exemplo, qual seria a mais segura e fácil de utilizar?

Como é bem provável que você tenha respondido não para essas perguntas, elaboramos este artigo com as principais características dessas duas exchanges de criptomoedas. 

Então siga a leitura e confira os diferenciais de cada uma agora mesmo!

Bitso ou Mercado Bitcoin: quais pontos as diferem? 

Existem diversas corretoras de criptomoedas no Brasil e no mundo nas quais você pode abrir a sua conta e começar a negociar ativos digitais. Mas na hora de decidir entre Bitso ou Mercado Bitcoin, por exemplo, qual delas se destaca?

A Bitso é uma exchange internacional, fundada em 23 de janeiro de 2014 por Ben Peters, Daniel Vogel e Pablo González, na cidade do México. Desde então a empresa só cresce e, hoje, com mais de 5 milhões de clientes, atua também na Argentina, Colômbia, e no Brasil.

Já o Mercado Bitcoin é uma empresa brasileira com sede em São Paulo, atualmente pertencente ao Grupo 2TM, que também oferece seus serviços para toda a América Latina. Na época da sua fundação, em 2013, a exchange se tornou conhecida por ser a primeira plataforma nacional a oferecer operações com Bitcoin no nosso país.

Mas além da origem, outras características as diferem, tais como quantidade de criptos e tokens oferecidos, valores de taxas, camadas de segurança e mais.

Bitso

A Bitso chegou ao Brasil em dezembro de 2020. Neste momento, a exchange oferece mais de 40 criptomoedas para os seus clientes, as quais podem ser compradas, vendidas e guardadas na mesma plataforma.

Os pontos positivos e diferenciais da Bitso são:

  • oferta de serviço de custódia, ou seja, você não precisa ter uma carteira à parte para guardar suas moedas digitais;
  • a partir de R$ 25 é possível comprar qualquer token ou cripto disponível;
  • o depósito de reais na conta pode ser feito via TED ou Pix, sem cobrança de taxas;
  • as taxas de negociação diminuem à medida que o volume de transações aumenta (considerando como base um intervalo de 30 dias em um esquema “maker-taker”;
  • as operações podem ser realizadas via site ou aplicativo próprio disponível para Android ou iOS.
  • Bitso+, solução que permite rendimentos de até 8% ao ano sem a necessidade de pagamento de taxas adicionais ou de imobilização de fundos;
  • Bitso Alpha, plataforma para quem quer realizar trades;
  • o aplicativo da Bitso tem versão para iOS e Android, além de ser muito fácil de usar!

Quanto à questão da segurança, tão importante quando se está movimentando valores via internet, na comparação entre Bitso ou Mercado Bitcoin, a exchange mexicana se destaca por ter licença registrada em Gibraltar.

Na prática, isso significa que a Bitso tem permissão de custódia de criptomoedas regulada pela Comissão de Serviços Financeiros de Gibraltar (GFSC), entidade que exige que a corretora cumpra uma série de rigorosos padrões de segurança em todas as suas operações para manter sua autorização.

Somado a isso, a Bitso é a única exchange que conta com seguro para criptomoedas, protegendo todos os tipos de transações e potenciais invasões que envolvam Bitcoin, Bitcoin Cash e Litecoin. 

Mercado Bitcoin

Na comparação entre Bitso ou Mercado Bitcoin, a exchange brasileira se destaca quanto à diversidade de ativos digitais oferecidos: mais de 200 diferentes, incluindo criptomoedas, tokens, NFTs, DeFi, utility tokens e fan tokens.

Entre os pontos positivos e diferenciais da Mercado Bitcoin estão:

  • os depósitos em reais podem ser feitos via DOC, TED ou Pix;
  • compra, venda e conversões podem ser feitas tanto pelo site quanto pelo aplicativo, disponível para Android e iOS;
  • oferta de serviços diferenciados, como assessoria em investimentos e análise técnica para traders;
  • três diferentes tipos de contas, sendo Normal, Vip e Gold, que podem ser abertas por pessoas físicas ou pessoas jurídicas;
  • não há cobrança de comissão, apenas de taxa de negociações.

As camadas de segurança adotadas pela corretora Mercado Bitcoin incluem aplicativo criptografado para ambos os sistemas operacionais e certificado SSL em seu site, o que garante que a plataforma é legalmente registrada e zela pela tramitação de dados e informações que são realizadas em seus endereços eletrônicos.

A exchange também tem uma página exclusiva em seu site, na qual orienta seus clientes sobre quais medidas de segurança ativar para evitar surpresas desagradáveis nas operações com criptomoedas.

Bitso ou Mercado Bitcoin: qual a melhor?

Afirmar que uma exchange é melhor que a outra é um tanto complicado. Afinal, como você pôde ver, cada uma tem características bem particulares, as quais podem, ou não, serem compatíveis com as suas expectativas e estratégias.

Apenas destacando alguns pontos, a Bitso é segura e confiável devido à licença de Gibraltar e por ter seguro para algumas das principais criptomoedas, além de realizar um cuidadoso processo de conhecimento de clientes (KYC) a fim de impedir crimes de lavagem de dinheiro.

Por outro lado, a Mercado Bitcoin tem um leque maior de criptos e tokens que podem ser comprados e vendidos, o que ajuda a diversificar a carteira de ativos digitais mais facilmente.

Mas se mesmo assim você ainda estiver com dúvida entre Bitso e Mercado Bitcoin, nossa dica é: abra conta nas duas exchanges! O motivo? Essa é uma ótima forma de usufruir dos benefícios e diferenciais de cada empresa, além de promover uma diversificação de corretoras na sua estratégia e de reduzir os riscos de perdas financeiras. 

E aí, o que acha dessa ideia?

VEJA TAMBÉM: Bitso ou Coinbase: características, vantagens, funcionamento, como decidir a melhor?

Comentários