Você provavelmente já deve ter visto alguma vez no noticiário que uma empresa foi adquirida por uma holding. Ou que duas empresas se fundiram para formar uma holding. Mas, afinal, o que é uma holding? Esse modelo de empresa não é nada novo lá fora. No Brasil, a presença de holdings é algo relativamente recente

Você provavelmente já deve ter visto alguma vez no noticiário que uma empresa foi adquirida por uma holding. Ou que duas empresas se fundiram para formar uma holding.

Mas, afinal, o que é uma holding?

Esse modelo de empresa não é nada novo lá fora. No Brasil, a presença de holdings é algo relativamente recente – cerca de 40 anos após a criação da Lei das S/As.

Hoje, o país conta com mais de 100 mil empresas desse tipo, de acordo com a Receita Federal.

Neste artigo, você vai conhecer o que é uma holding, como esse modelo de organização funciona e quais são os principais tipos de empresa holding:

  1. Holding pura;
  2. Holding mista;
  3. Holding patrimonial;
  4. Holding administrativa;
  5. Holding de participação;
  6. Holding familiar.

Holding: o que é?

Podemos definir o que é holding pelo significado dessa palavra. Derivada do verbo “to hold”, que em livre tradução para o português significa “segurar”, uma holding é um modelo de empresa que “segura” outras empresas e exerce controle administrativo sobre elas.

As holdings detêm participação majoritária nas empresas que estão sob sua gestão – as chamadas subsidiárias.

As holdings controlam a parte administrativa e política de suas subsidiárias. Para  exercer esse controle, a empresa desse  tipo pode adquirir ações, títulos, imóveis, patentes, marcas registradas, direitos autorais e quaisquer outros bens que a torne sócia majoritária de uma subsidiária.

Para deixar ainda mais claro para você o que é holding, selecionamos este vídeo do Thiago Vitor, da Previsa:

Como funciona uma empresa holding?

Uma empresa holding é detentora da maioria das ações ordinárias de outras organizações.

Na maior parte dos casos, esse tipo de companhia  por si só não produz bens e serviços. Ela funciona mais como controladoras de outras empresas que estão sob seu “guarda-chuva”.

Os lucros das holdings vêm das atividades de suas subsidiárias e da distribuição de dividendos.

As empresas do tipo holding gerenciam mais de uma empresa ao mesmo tempo, as quais podem pertencer a diferentes segmentos do mercado. Mas, na prática, é mais comum observar holdings que administram subsidiárias que integram setores semelhantes.

A holding também tem como responsabilidade organizar a estrutura de capital das empresas que ela “segura”.

O regime societário de uma holding pode ser o de Sociedade Anônima (S/A) ou Limitada (LTDA).

Quando uma holding tem várias subsidiárias, que a gestão operacional de cada uma delas seja exercida de forma independente, com um conselho deliberativo próprio do qual a holding faz parte como sócia majoritária.

Quais são os tipos de empresa holding?

As empresas holdings podem ser classificadas de diferentes maneiras devido a algumas particularidades. Confira a partir de agora quais são os principais tipos de holding:

1 – Holding pura

Apenas participa do capital social das empresas subsidiárias e exerce controle sobre elas. A holding pura não realiza outras atividades econômicas.

2 – Holding mista

Ela não só participa do capital das outras empresas que estão sob seu controle como também exerce atividades econômicas. Assim, ela possui duas fontes de receita: os dividendos das subsidiárias e o lucro de suas atividades paralelas.

3 – Holding patrimonial

O foco desse tipo de holding é administrar o patrimônio de bens próprios e incorporá-los ao capital social da empresa.

As famílias conseguem gerenciar seus bens de forma centralizada e obter benefícios fiscais.

4 – Holding administrativa

Uma holding administrativa tem o objetivo de oferecer uma administração mais profissional das empresas subsidiárias. Ela também passa a ser a responsável por tomar todas as decisões de forma centralizada.

5 – Holding de participação

Nesse tipo de empresa holding, a intenção é se tornar sócia minoritária de várias outras empresas. Não é exercido controle direto sobre essas empresas.

6 – Holding familiar

Uma empresa holding do tipo familiar se propõe a administrar outras empresas que pertencem à mesma família.

Exemplo de holding 

A Itaúsa é bom exemplo de holding. Do tipo pura, a Itaúsa foi criada a partir da fusão de dois grandes bancos: Itaú e Unibanco.

Veja a representação gráfica de sua estrutura acionária, segundo o site FIIBrasil:

holding o que é
holding o que é

A J&F também é uma holding pura e controla empresas como a JBS, o Banco Original e o PicPay.

A Berkshire Hathaway  talvez seja o maior exemplo de holding. A empresa americana é responsável por controlar várias outras empresas, como a Dairy Queen, a Burlington Northern Santa Fe, a Pampered Chef, a Fruit of the Loom e a NetJets.

Além disso, a Berkshire Hathaway possui ações também na Apple, no Bank of America e na Wells Fargo.

No Brasil, a Península Participações é uma das maiores holdings do País. Do tipo familiar, essa empresa administra e controla todas as empresas e o patrimônio pertencentes à família do bilionário Abilio Diniz.

Selecionamos alguns posts  com mais exemplos de holdings:

Bom, ficou claro para você o que é uma holding?

Se você pensa em investir em uma holding, é muito importante que você faça uma análise de todas as outras empresas que estão sob o controle dessa holding.

Será que dentre elas tem uma fintech unicórnio? Descubra o que é isso aqui: O que é fintech unicórnio? Descubra como surgiu o termo e quais empresas fazem parte desse seleto grupo

Comentários

Salvar