Os objetivos da sua equipe não vão para frente ou não dão resultados? Conheça tudo sobre as metas SMART e resolva esses problemas!

As metas SMART são objetivos definidos por meio da metodologia SMART (metodologia inteligente, em tradução livre), que estabelece 5 critérios para que um objetivo traga resultados.

Além de possuir um significado em inglês, SMART também é um acrônimo (palavra formada pela letra inicial de outras palavras):

  • Specific (específico)
  • Measurable (mensurável)
  • Attainable (atingível)
  • Relevant (relevante)
  • Time based (temporal)

Esses são os cinco requisitos básicos de uma meta SMART.

Entendeu o que significa esse método mas ainda está confuso quanto sua finalidade e aplicação? Fica com a gente! Nós vamos explicar tudo sobre as metas SMART neste post.

Para que servem as metas SMART?

É de se imaginar que o local que você trabalha tem metas, certo? Com isso, você já pode notar a importância em definir objetivos.

Afinal, negócios não existem sem propósitos e alvos para se alcançar.

Contudo, apesar deste ser um entendimento amplamente difundido e de aprovação geral, estudos mostram que não é algo colocado em prática com frequência

Uma pesquisa feita pela Harvard Business School apontou os seguintes números sobre os entrevistados:

  • 83% não têm metas
  • 14% têm os planos apenas em mente
  • 3% têm seus objetivos anotados

Além desses dados, a investigação mostrou que 14% das pessoas que têm metas são 10 vezes mais bem-sucedidas do que aqueles que não têm.

Outro estudo, conduzido pela pesquisadora Gail Matthews na Dominican University of California, provou que anotar e compartilhar seus objetivos são estratégias eficientes para melhorar os resultados.

Deu para entender a importância da definição de metas, não é mesmo? Porém, de nada adianta se elas não forem realizáveis.

As metas SMART existem exatamente para auxiliar nisso!

Com elas, você tem um direcionamento claro de onde quer chegar e como fazer um plano de ação efetivo para traçar esse caminho.

Veja também: Como gerenciar processos e documentos em trabalho remoto

Como aplicar o método SMART

É preciso entrar em uma descrição mais aprofundada de cada letra do acrônimo para entender melhor como elaborar as metas SMART. Então, conheça os detalhes a seguir:

Specific (específico)

Aqui, o intuito é ser claro e não deixar nenhuma informação subjetiva, garantindo que não ocorram interpretações distintas.

A meta deve ser específica ao ponto que todos entendam e estejam alinhados para o mesmo propósito.

Fazer isso não é nada complexo, com uma série de reflexões é possível criar um escopo específico:

  • Qual conquista será buscada?
  • Quem serão os responsáveis?
  • Em qual meio as ações serão realizadas?
  • Qual será a estratégia?

A ideia é evitar definições genéricas como, por exemplo, “queremos aumentar o tráfego do nosso site”.

O ideal seria algo como: “queremos aumentar o tráfego orgânico do nosso site em 10% por meio de estratégias de SEO a serem realizadas pelo departamento de marketing”.

Viu como o entendimento ficou mais simples? Dessa forma, é muito mais fácil para um plano de ação ser desenvolvido e colocado em prática.

Measurable (mensurável)

O objetivo também precisa ser possível de medir, porque só assim você será capaz de saber se os resultados esperados estão realmente sendo alcançados.

Você não pode continuar fazendo o que acha que é preciso e ficar no escuro, sem ter ideia das mudanças que isso vem causando.

Ficar nesta situação pode ser um grande desperdício de dinheiro e tempo.

Afinal, a estratégia pode não estar sendo efetiva, mas você não irá saber disso para planejar outro caminho.

Então, avalie bem se a meta pode ser mensurada e, se não for possível, evite seguir em frente com ela.

Confira a conversa que tivemos com o Júlio Paulillo, sócio-fundador do Agendor, para saber mais sobre a importância das métricas para o funil de vendas:

Attainable (atingível)

Não faz sentido em definir uma meta que não tem como atingir. Portanto, determine apenas ações que a execução é viável.

Para isso, é necessário fazer uma análise profunda do negócio.

Investigue todos os pontos fracos e fortes da empresa, o financeiro, a estrutura e estratégias que já foram executadas no passado.

Dessa forma, ficará muito mais visível se o objetivo poderá ser alcançado.

Nunca se deve estabelecer escopos inatingíveis, pois isso pode desmotivar e frustrar toda a equipe.

Afinal, eles estarão trabalhando e se esforçando por algo que jamais será concretizado.

Relevant (relevante)

É de interesse tanto do negócio quanto dos colaboradores que os objetivos sejam relevantes para os indicadores da empresa.

Com essa postura, a consequência será exatamente o oposto do que falamos quando se define algo inalcançável.

Nesse caso, a equipe ficará motivada, porque sabe que seu empenho irá gerar um resultado efetivo para a instituição.

E como faz para ver se uma meta é relevante? Mais uma vez faça reflexões:

  • Como a empresa será impactada?
  • Como o time vê esse objetivo?

Time based (temporal)

Estipular um prazo, e um cronograma para cumpri-lo, é essencial quando falamos de uma ação que terá impacto direto nos resultados do negócio.

Desse modo, as chances de ocorrer procrastinação ou adiamentos são muito menores.

Pode haver uma flexibilidade para ajustes quando for preciso. Mas, é muito importante tentar se ater ao prazo combinado no início do projeto.

E aqui voltamos um pouco para a questão do “atingível”: faça planejamentos realistas!

Não tem porquê estabelecer datas impossíveis de serem alcançadas. No futuro, várias mudanças terão que ser feitas por conta disso..

Diversos outros problemas também serão causados, como o sobrecarregamento e a desmotivação da equipe.

Portanto, converse com todos os envolvidos antes de determinar o prazo. Veja como está a carga de trabalho e a divisão dele para cada um.

Desse jeito, evita-se alterações no plano e garante que todos conseguirão realizar suas tarefas com qualidade, sem prejuízos para nenhuma das partes.

Ferramentas para o desenvolvimento de metas SMART

Por fim, fizemos uma lista de aplicativos e métodos para você se aprofundar.

São ferramentas que podem auxiliar na criação e gestão de um planejamento SMART:

O conteúdo foi relevante para você? Deixe um comentário, compartilhe com os amigos e confira outras publicações da Digilandia. Nós somos um portal sobre gestão e liderança, home office, transformação digital e ferramentas para trabalho remoto.

Comentários

Este blog tem o orgulho de ter o apoio destas marcas:
Salvar