Aprenda a garantir os melhores resultados para sua Software House com a gestão certa!

Com a crescente utilização da tecnologia no dia a dia e a mecanização de serviços e tarefas, o setor de softwares tem se destacado cada vez mais no mundo corporativo. Nesse cenário, surgem então empresas especializadas em desenvolver diferentes tipos de serviços tecnológicos, como é o caso das Software Houses.

 

Assim como em qualquer outra organização, a Software House exige uma gestão bem estruturada para alcançar os resultados esperados e manter-se em constante desenvolvimento. Somente a partir disso, a empresa terá controle sobre a direção que está seguindo, além de antecipar e resolver problemas, otimizar a operação, ter domínio sobre as ações e tomar melhores decisões.

 

Mas, afinal, como gerir uma Software House? Neste artigo, separamos 5 dicas infalíveis. Continue acompanhando e confira!

Como funciona uma Software House?

De forma simples e objetiva, uma software house usa tecnologia para desenvolver soluções capazes de resolver os problemas dos seus clientes. Mais do que trabalhar apenas no desenvolvimento, as Software Houses também planejam e comercializam essas soluções personalizadas, além de oferecer aos usuários todo o suporte técnico necessário para auxiliar na utilização.

 

Os programas desenvolvidos podem resolver desde demandas simples, como o cadastro dos clientes em um site, ou até sistemas de gestão mais complexos, como a logística de entrega de algum produto.

 

Como se trata de um nicho de trabalho mais direcionado, cada Software House costuma atender apenas um público específico, se aprofundando nas necessidades que o grupo em questão possui.

 

Esse tipo de empresa é formado por profissionais de diversas áreas, entre elas estão: a equipe de venda e atendimento ao cliente; os programadores e designers que realmente produzem os softwares e a equipe de marketing que atua para tornar a Software House mais conhecida.

5 dicas de gestão para uma Software House de sucesso

Agora que todo mundo já está na mesma página sobre o funcionamento de uma Software House, podemos avançar para entendermos a melhor forma de gerir esse tipo de empresa e garantir seu sucesso. Confira abaixo 5 dicas de gestão para Software House:

1.   Posicionamento bem definido

 

Para uma Software House conquistar o seu próprio espaço no mercado, é preciso ter um posicionamento bem definido. Afinal, vale lembrar que, antes dela ser introduzida no ramo do seu negócio, existem concorrentes que já estão consolidados e possuem a confiança de seu público-alvo.

 

Sendo assim, é preciso se destacar e oferecer algo diferente e inovador, e é justamente nesse ponto que entra o posicionamento. Através de uma marca bem posicionada, as principais vantagens e características da sua Software House passam a ser evidenciadas e afirmadas na mente do público.

 

Ao desenvolver uma estratégia de posicionamento, a Software House deve mapear o segmento que deseja atender e os diferenciais que mais importam para ela. Dessa forma, será possível iniciar ações personalizadas efetivas, como as de marketing e branding, que visam à identificação da marca com esses valores para que o cliente opte pelos serviços e produtos da sua software house.

 

É importante ter em mente que para a estratégia de posicionamento ser eficiente, o conceito deve ser transmitido e estar claro para todos os envolvidos do negócio: colaboradores, fornecedores, concorrentes e, principalmente, os consumidores.

2.   Conhecer a fundo o público-alvo

 

Após a definição do posicionamento, partimos para o próximo ponto que ajudará a garantir o sucesso das estratégias de gestão da sua Software House: conhecer a fundo o seu público-alvo. Ou seja, quanto mais informações tiver sobre ele, melhor.

 

Além de auxiliar a ter uma comunicação mais assertiva, todo o investimento do negócio será posicionado de forma precisa, evitando desperdícios de recursos e atingindo seus clientes em potencial.

 

Para conhecer a fundo o seu público-alvo, tenha bem definido, para quem é o seu produto ou serviço. Depois disso, procure saber seus interesses e problemas e, por fim, siga com o objetivo de suprir suas necessidades por meio de soluções eficazes.

 

É primordial conhecer as dores do cliente e buscar explorar esses problemas, provando a ele que você dispõe da solução mais adequada!

3.   Investimento em Marketing Digital

 

Já ouviu o ditado “quem não é visto, não é lembrado”? Pois bem, ele se encaixa perfeitamente na gestão da sua Software House, até porque, não adianta nada ter um posicionamento bem definido e um grande conhecimento do público-alvo se seu negócio não tiver visibilidade. Mas, afinal, como fazer com que sua Software House seja vista?

 

A resposta é simples: invista em Marketing Digital! Constituído por técnicas e ferramentas capazes de fazer com que a sua empresa chegue às personas de seu interesse, o Marketing Digital torna-se uma ferramenta fundamental para criar relacionamentos e transmitir uma imagem positiva de uma empresa, através de estratégias em canais de comunicação.

4.   Capacitação da equipe de vendas

 

A capacitação da equipe de vendas/atendimento ao cliente – tanto em conhecimentos técnicos, quanto relações pessoais – é essencial. Isso porque, são os integrantes desse time que ficam responsáveis por entender exatamente a dificuldade que o cliente está enfrentando, ajudar a resolvê-lo ou saber traduzir o problema para uma equipe de desenvolvimento que raramente faz contato diretamente com o cliente.

 

Sendo assim, um método de gestão que deve ser implementado na sua Software House é proporcionar capacitação aos colaboradores, seja por meio de treinamentos, cursos, palestras, workshop, etc.

5.   Aposte em parcerias

 

Já imaginou aumentar sua gama de produtos e serviços e poder ofertar cada vez mais soluções diferentes para seus clientes sem precisar demandar muito tempo e com gastos reduzidos? Saiba que isso é possível. Basta apostar em parcerias para a sua software house!

 

Junto a uma parceria como aliada da sua empresa de software, você passa a identificar mais facilmente as dores do seu cliente, driblar possíveis transtornos de vendas, além de ampliar as soluções disponíveis e, especialmente, o volume de vendas mensais.

 

Como consequência, investir em parcerias também oferece para sua Software House a vantagem de um posicionamento de maior destaque no mercado, podendo alcançar áreas e empresas, antes não acessíveis.

Como levar sua Software House para o próximo nível?

Que tal imergir em um ambiente em que você encontra desde capacitação e conhecimento para aprimorar seu trabalho até mesmo parcerias e oportunidades de negócios? Parece um sonho, não é mesmo? Mas ele existe e se chama Casa do Desenvolvedor. Listamos abaixo um pouco do que você pode conferir lá:

Faça parte da Casa do Desenvolvedor

Comentários

Salvar