Seu ambiente de trabalho é remoto? Saiba como aumentar a produtividade e garantir o engajamento em programas de treinamento

Garantir o engajamento sempre foi um desafio para os programas de treinamento e desenvolvimento de funcionários. E no ambiente de trabalho remoto isso é uma tarefa que exige ainda mais planejamento e criatividade.

Felizmente, existem diversas maneiras de manter seus funcionários engajados e superar as distrações e a falta de interação presencial. Para isso, é necessário ter uma abordagem específica para ambientes virtuais e não simplesmente transpor um treinamento tradicional para formas remotas de ensino. 

Veja a seguir seis melhores práticas que você pode implementar enquanto treina funcionários remotos.

1. Estabeleça as bases 

Imagine desenvolver um cronograma de treinamento robusto e ver que o programa não está sendo cumprido. Para evitar isso é importante estabelecer algumas regras básicas antes do início do programa de treinamento.

Como diz um artigo da Forbes, ‘A maioria das equipes não tem tempo para desenvolver regras básicas e, invariavelmente, paga o preço no futuro.’

Estabelecer os fundamentos para o treinamento aumenta a produtividade, a colaboração e, o mais importante, ajuda você a cumprir suas metas de aprendizagem e desenvolvimento.

Aqui estão algumas regras básicas que você pode considerar para suas sessões de treinamento:

  • Teste a tecnologia (áudio, câmera, microfone, etc.) antes de entrar na sessão;
  • Leia a agenda de treinamento e venha preparado com os requisitos de pré-treinamento;
  • Forneça materiais de apoio com recursos visuais;
  • Silencie o microfone quando não estiver falando;
  • Seja paciente e evite falar um sobre o outro;
  • Certifique-se de que o fundo esteja limpo e sem distrações;

Se todos seguirem essas regras com atenção, é provável que você tenha uma equipe de alunos mais engajada.   

2. Crie conteúdo em pequenos módulos 

Se a sua apresentação virtual envolve slides intermináveis ​​com muito texto e uma série de longas explicações, não há como a equipe permanecer envolvida. Reter a atenção de seus funcionários remotos é difícil e isso é algo que você precisa ter em mente ao projetar o conteúdo de um treinamento.

Crie pequenos módulos de conteúdo, ou microlearning, com foco em um único objetivo, tornando-o mais fácil de consumir. O conteúdo do treinamento de tamanho reduzido pode vir na forma de:

  • Infográficos;
  • Vídeos;
  • Animações.

Outra dica é criar um conteúdo compacto que seja compatível com dispositivos móveis para que possa ser acessado em vários dispositivos.

Aqui está um exemplo de um infográfico focado em apenas uma informação. Observe como ele se concentra apenas em um objetivo e usa um gráfico de pizza para apresentar estatísticas de forma visual:

treinar equipe remota

3. Use dicas visuais 

Os recursos visuais reforçam o seu conteúdo, ajudando seu público a entender as informações e retê-las por mais tempo. Usar dicas visuais estrategicamente também orienta o olhar do público para os pontos mais importantes do treinamento e desperta a sua atenção aos mesclar elementos de design para dar hierarquia e destacar informações. 

Alguns exemplos de dicas visuais incluem:

  • Ícones
  • Gifs
  • Fontes
  • Setas e linhas
  • Cores contrastantes

Aqui está um exemplo de um gráfico que usa setas como dicas visuais para mostrar as fases envolvidas no design thinking. As setas organizam o conteúdo e criam um fluxo lógico para o público entender.

Design process circular

4. Divida o cronograma de treinamento  

Vamos ser claros: aquelas sessões de treinamento de um dia inteiro não são mais uma boa ideia. Você precisa criar um cronograma de treinamento que retenha a atenção de seus funcionários e o ajude a cumprir suas metas de treinamento. É uma boa ideia dividir o programa de treinamento em sessões menores que 90 minutos. 

Cada sessão pode começar com uma atividade para quebrar o gelo, seguida pelo material de treinamento, atividade em grupo e avaliação.

Isso o ajudará a manter a sessão interessante e longe de ser monótona. Além disso, considere fornecer materiais de apoio para cada sessão de treinamento para ajudar os participantes a fixarem o conteúdo e terem um material de consulta para apoiar as atividades relacionadas. Veja este fluxograma, por exemplo, que apresenta visualmente as etapas para cumprir uma atividade de trabalho:

Vengagge

5. Incentive os participantes a interagir 

A comunicação unilateral é uma das principais razões por trás de um programa de treinamento remoto de funcionários não atingir os objetivos. É preciso incluir elementos interativos que incentivem os participantes a interagir e se envolver com o material de treinamento.

Esta é uma das maneiras mais eficazes de garantir que seus alunos obtenham valor do programa de treinamento e saiam enriquecidos. Aqui estão algumas maneiras de proporcionar uma experiência de aprendizagem mais interativa:

  • Incluir atividades de grupo; 
  • Adicione elementos de gamificação, como manter um placar, distribuir certificados;
  • Inclui questionários, enquetes e avaliações;
  • Use cenários da vida real para tornar a sessão mais memorável.

O consultor de design de experiências de aprendizagem, Christy Tucker, sugere: “Dê aos alunos desafios que os façam pensar. Se eles tiverem oportunidades de aplicar o conhecimento em um contexto relevante, eles estarão mais cognitivamente engajados e pensarão mais profundamente, ao invés de apenas lembrar.”

6. Invista nas ferramentas e plataformas certas 

Um aspecto importante para alcançar o sucesso do programa de treinamento remoto é investir nas ferramentas e plataformas de trabalho remotas certas.

Além dos sistemas de gestão de aprendizagem que servem como plataforma para organizar e acompanhar o material de aprendizagem, também é importante considerar outras ferramentas que o ajudarão a aprimorar o processo de treinamento. 

Algumas delas incluem:

  • Ferramentas de gerenciamento de projeto: para colaborar em atividades de grupo e acompanhar o progresso de tarefas de treinamento individuais;
  • Aplicativos de mensagens instantâneas: para comunicação rápida e abordagem de questões;
  • Ferramentas de compartilhamento de arquivos: para compartilhar materiais de treinamento e outras informações.

Usar as ferramentas certas o ajudará a entregar um programa de treinamento mais coeso, deixando pouco ou nenhum espaço para falhas de comunicação.

Conclusão

Você não deve contar apenas com as estratégias tradicionais de aprendizagem e desenvolvimento enquanto treina funcionários remotos. Desde o desenvolvimento do programa de treinamento e a criação de materiais de treinamento até a condução da sessão, certifique-se de considerar os períodos de atenção do seu público.

Essas seis práticas recomendadas ajudarão a manter seus alunos mais engajados e focados no programa de treinamento.

Comentários

Este blog tem o orgulho de ter o apoio destas marcas:
Salvar