Passando por dificuldades para lidar com os desafios do seu emprego? Aprenda como desenvolver a resiliência no trabalho com 5 dicas práticas!

Resiliência no trabalho é a habilidade de adaptação e superação de desafios do dia a dia.

Sabe aquelas situações que você tem que parar, respirar e voltar a focar em suas responsabilidades? Esse é um ótimo exemplo de resiliência no trabalho.

Em 2019, um relatório sobre bem-estar no trabalho foi publicado pela Capita. A pesquisa mostrou que 79% dos entrevistados relataram ter sofrido estresse nos últimos 12 meses.

E 22% disseram sentir estresse com alta frequência ou o tempo todo.

Vendo estes dados, fica claro porque a resiliência no trabalho se tornou um fator muito importante no mercado.

Porém, isso não significa que você deve aceitar tudo para manter seu emprego ou nível de produção.

Na verdade, o foco da resiliência é alcançar o autoconhecimento para saber qual o seu limite. Assim, mantendo a saúde mental, física e emocional.

Está tudo ótimo enquanto você conseguir ser resiliente, superar as adversidades e continuar motivado!

Mas, caso o contrário aconteça, está tudo bem também. Todos nós temos limites. Esse é apenas o sinal de que outra saída deve ser buscada.

Quer saber quais as vantagens e como desenvolver a resiliência no trabalho? Nós trouxemos tudo o que você precisa saber. Confira!

Vantagens da resiliência no trabalho

Ser resiliente está muito relacionado com inteligência emocional, autoconhecimento e autocontrole.

Sendo assim, os principais benefícios são referentes à aspectos emocionais e comportamentais:

  • Adaptabilidade diante contratempos
  • Redução do estresse e da ansiedade
  • Prevenção contra transtornos ou distúrbios psicológicos
  • Maior autoestima e autoconfiança
  • Ganho de produtividade, cooperação e criatividade

São muitas as vantagens, não é mesmo?

Tendo em vista todos esses benefícios, é possível notar que a resiliência não é algo para adotar apenas no expediente.

Na verdade, é uma posição para acolher em sua vida no geral.

Afinal, os obstáculos enfrentados não se limitam ao ambiente de trabalho. Eles ocorrem em todos os âmbitos sociais.

Entretanto, com uma postura resiliente é possível superá-los de forma mais fácil.

Saiba mais sobre a importância da inteligência emocional no bate-papo que tivemos com o Marcello Ladeira, CEO e co-fundador da Siteware:

Como ser resiliente no trabalho?

A resiliência no trabalho pode ser desenvolvida por meio de diversas motivações e fatores.

A questão aqui é se autoconhecer e encontrar o pilar que irá te ajudar a se manter resiliente frente às adversidades.

Nós separamos algumas dicas que podem auxiliar no desenvolvimento da resiliência no trabalho. Confira a seguir:

1. Pratique a empatia

Empatia é a capacidade de se colocar no lugar do outro e compreender que a pessoa pode ter uma perspectiva de mundo diferente, assim como pode estar passando por uma situação que você não tem conhecimento.

Então, antes de qualquer coisa, pense em como seria estar na pele do outro.

Entenda que cada indivíduo é singular e tem suas particularidades emocionais e comportamentais.

Desenvolver esta compreensão apenas trará benefícios.

Afinal, você será mais aberto e receptivo a pontos de vista distintos e conseguirá colaborar melhor com sua equipe e colegas de trabalho.

2. Equilibre as emoções

Provavelmente você já ouviu a expressão “tudo em excesso faz mal”. Esse é o caso aqui!

Equilibrar as emoções não significa reprimi-las. Trata-se de evitar os excessos.

Pode haver algum momento em que o sentimento estará à flor da pele e a vontade de extravasar será enorme? Sim, é muito provável que aconteça.

Mas, a atitude que te aconselhamos a tomar é: reflita.

Antes de jogar para fora tudo o que está sentido, pare por um instante e faça uma reflexão. Pratique a empatia que foi mencionada e pergunte-se:

  • Como essa ação vai me afetar?
  • Como essa ação vai afetar aos outros?
  • Isso é realmente necessário?
  • Existe outro caminho para eu me sentir melhor?

É bem capaz que após esse momento de ponderação e análise tudo se equilibre.

Porque, na grande maioria dos casos, o excesso não é a melhor escolha e não fará bem a ninguém. Nem mesmo a si próprio.

Confira também 3 dicas da doutora Lucy Hone, diretora do Instituto de Bem-estar e Resiliência da Nova Zelândia:

3. Esteja disposto a ajudar e a ser ajudado (a)

Um relatório de 2014 da Globoforce, em parceria com a MarketTools, mostrou que 61% dos entrevistados contam com o apoio dos colegas de trabalho para superar fases difíceis.

E que 93% considera a opinião dos colegas importante.

Esses dados evidenciam que a colaboração é essencial para o bem-estar no ambiente de trabalho.

Portanto, é importante sempre ser acessível quando alguém precisa de ajuda. Assim como também é valioso não ter medo de procurar auxílio quando necessitar.

Dessa forma, as relações ficam mais sólidas, confiáveis e harmônicas.

Além disso, pessoas que são abertas à cooperação costumam lidar melhor com desafios, que é exatamente o intuito da resiliência no trabalho.

4. Foque no aprendizado das situações

Livrar-se de arrependimentos e mágoas é outro bom exemplo de resiliência no trabalho.

Mesmo em circunstâncias complicadas é possível aprender algo que possa te ajudar a evoluir como pessoa e profissional.

O desenvolvimento de um olhar crítico ao relembrar do passado contribui para a sua adaptação e flexibilidade diante desafios futuros.

Encarar as experiências dessa forma, independente se são negativas ou positivas, irá possibilitar uma constante evolução.

5. Não acomode-se

Estar em um ambiente do qual não gosta ou passar por experiências difíceis não são pretextos para se acomodar.

Aí entra a resiliência no trabalho!

Seja resiliente e continue atrás de novos conhecimentos e soluções para os contratempos que estão sendo enfrentados.

Não tem mais ânimo e energia para isso? Está tudo bem, acontece.

Nesse caso, o melhor a se fazer é procurar outra motivação. Pode ser um projeto pessoal, por exemplo.

Lembra-se que falamos que a resiliência pode ser desenvolvida com diferentes incentivos? A ideia é exatamente essa!

Encontre aquilo que te instigue e mantenha-se ativo.

Gostou do tema e quer se aprofundar mais sobre o assunto? Visite nosso Clube da Leitura e encontre sugestões de livros sobre qualidade de vida e saúde mental, transformação digital e trabalho remoto.

Clube da Leitura Digilandia

Comentários

Este blog tem o orgulho de ter o apoio destas marcas:
Salvar