Cansado de ter dificuldades para conversar com pessoas e para fazer apresentações? Saiba como vencer a timidez com 9 dicas práticas.

Quando você precisa fazer uma apresentação no trabalho ou conversar com pessoas desconhecidas bate aquela ansiedade e aquele medo?

Esses são sinais de timidez!

Sentir-se assim não é algo incomum. Uma pesquisa feita em 2012 pela USP, mostrou que mais da metade da população brasileira se considera tímida.

Outro estudo, feito em 2017 no Reino Unido e publicado no Journal of Personality (Periódico de Personalidade), sugere que a timidez é um traço que varia ao longo do tempo com base no papel social da pessoa.

Essa informação mostra que é possível superar a timidez com alguns esforços.

Mas, como faz isso? Como faz para vencer a timidez? Neste post você vai conferir as seguintes dicas:

  • Valorize-se
  • Não se compare aos outros
  • Filtre as críticas externas
  • Saia da zona de conforto
  • Converse mais
  • Errar faz parte
  • Controle a ansiedade
  • Prepare-se para os compromissos
  • Dê um passo de cada vez

Boa leitura!

Quais são os sinais de que você é tímido?

A timidez se manifesta de diversas formas, mas a principal é por meio de medos. As sensações causadas costumam ser as seguintes:

  • Medo de não ser aceito(a)
  • Medo de decepcionar
  • Insegurança
  • Dificuldade para socializar
  • Perfeccionismo por medo de errar
  • Ansiedade extrema antes e durante situações que te exponham ou que não fazem parte do seu cotidiano

Com alguns passos práticos é possível amenizar ou acabar com esses sentimentos. Conheça-os a seguir!

Como vencer a timidez?

1. Valorize-se

Aceitar as particularidades da sua personalidade é um bom começo.

Tudo bem em ser tímido, não tem problema nenhum. No entanto, lidar com isso tentando ser outra pessoa não é o caminho.

Procure entender quais são os desafios que a timidez te traz e busque formas de superá-los. E não tenha medo de enfrentar essas dificuldades!

Tenha em mente que você tem potencial para fazer o que quiser, basta colocar em prática.

Quem alimenta a timidez somos nós mesmos. Então, seja honesto consigo e não crie desculpas em sua cabeça.

Saiba como é importante aceitar quem você é e reconhecer suas habilidades com a palestra da escritora Susan Cain:

2. Não se compare aos outros

Cada pessoa é singular da sua forma. Somos assim pois passamos por contextos e cenários distintos que constroem nossa personalidade.

Portanto, não tem porquê se comparar aos outros.

Todos têm talentos e habilidades. Assim como fraquezas e medos.

Ao invés de voltar o olhar ao outro, volte o olhar a si mesmo e faça reflexões internas.

Essa é uma boa maneira de trabalhar o autoconhecimento e descobrir os seus atributos específicos.

Além disso, também é um ótimo jeito de identificar em quais aspectos você pode melhorar.

3. Filtre as críticas externas

Evite se preocupar com julgamentos alheios e faça uma filtragem das críticas que recebe.

As pessoas realmente vão ter as opiniões delas sobre você e seu trabalho.

Porém, isso não é algo necessariamente ruim, nem deve te impedir de realizar algumas ações.

Busque entender que não dá para agradar a todos e permita-se arriscar mais, ter mais liberdade.

Muitas dessas opiniões não afetam você em nada. Então, tente ficar tranquilo e seguir sua vida da forma que achar melhor.

4. Saia da zona de conforto

Esforçar-se para se libertar dos hábitos de “defesa” que você criou é um bom caminho para vencer a timidez.

Trabalhe sua mente para conseguir fazer coisas que sempre teve resistência.

Com o tempo, você irá se desprender desses costumes e muitas circunstâncias passarão a ser mais fáceis e tranquilas de se lidar.

Confira também: Como evitar a síndrome de burnout no home office

5. Converse mais

Não, isso não significa que é para você sair puxando conversa com todos mundo ou se forçar a falar mais.

Na verdade, o conselho é tentar se soltar enquanto fala com aqueles que você já conhece e confia.

Entenda isso como um “treino” para melhorar suas habilidades conversacionais e ver que dialogar não é tão difícil assim.

Apesar de a conversa com um desconhecido ser uma situação bem diferente, você também terá mais facilidade nesses casos.

Outra ótima maneira de ficar mais tranquilo é contar sobre sua timidez no início da conversa. As pessoas costumam ter mais empatia e compreensão após saberem que você é tímido.

6. Não tenha medo de errar

Errar faz parte da vida de todos.

Não deixe de tomar atitudes por medo de falhar. Isso acontece e é totalmente normal.

Falhou em algo? Fica o aprendizado. No futuro, as chances desse erro se repetir serão muito menores.

Portanto, faça escolhas ousadas e experimente. É assim que você irá adquirir muitas experiências úteis para sua vida pessoal e profissional.

7. Controle a ansiedade

Explore formas de controlar a ansiedade.

Existem vários métodos que podem ajudar antes, durante e depois de uma crise de ansiedade como, por exemplo, técnicas de respiração, yoga e meditação.

Experimente todas que você achar interessante e descubra quais te tranquiliza.

Dessa forma, muitas situações que eram desconfortáveis para você podem se tornar admissíveis.

Também há apps que podem ajudar. Confira aqui 13 aplicativos para cuidar da saúde mental no trabalho.

8. Prepare-se para os compromissos

Preparar-se para eventos que vão te expor para uma ou mais pessoas é uma boa forma de ficar calmo no momento.

Assim, você terá um “roteiro” do que falar e como se comportar, diminuindo a quantidade de imprevistos.

Contudo, tome cuidado. Lembra-se dos “hábitos de defesa” que mencionamos? Tente não fazer isso virar um deles.

Recorra a esse recurso apenas em casos que são muito importantes você ficar calmo, como, por exemplo, em uma entrevista de emprego ou apresentação no trabalho.

9. Dê um passo de cada vez

Essa é uma das dicas mais importantes!

É essencial descobrir os seus limites se você tomou a decisão de vencer a timidez.

Não tem problema em levar tempo para conseguir superar suas dificuldades em socializar.

O ideal é que você se dê o tempo necessário e, aos poucos, vá melhorando nos aspectos que julgar crucial.

Gostou do conteúdo? Na Digilandia, você encontra publicações semelhantes sobre saúde mental, qualidade de vida, inteligência emocional, autodesenvolvimento profissional e muito mais!

Comentários

Este blog tem o orgulho de ter o apoio destas marcas:
Salvar