Você sabe o que é LCI? Este importante investimento está entre os mais buscados por investidores de todos os níveis. Saiba mais neste artigo.

Em alguns casos, quando falamos sobre renda fixa, as pessoas a associam à poupança. Afinal, esse é o primeiro e, muitas vezes, único contato que muitas pessoas têm com os investimentos predefinidos. Porém, existem diversas formas de investir e obter renda, como a LCI, por exemplo. Mas você sabe o que é LCI?

LCI é a sigla para Letra de Crédito Imobiliário. Trata-se de uma modalidade de investimento de renda fixa, como o Tesouro Direto. Esse tipo de investimento, apesar de pouco explorado, é tão seguro quanto a poupança e oferece outras possibilidades, como a isenção do Imposto de Renda.

É muito comum que novos investidores ou, até mesmo alguns com perfil conservador, não sejam adeptos a novos tipos de aplicações, mas a LCI possui uma curva sólida de rentabilidade positiva, igual a quaisquer outros investimentos, além de ser considerado uma aplicação de renda fixa.

Quer saber mais sobre o assunto? No artigo de hoje, vamos falar sobre essa classe de investimento tão promissora e abordaremos aspectos como: o que é LCI, como são os rendimentos LCI, mostrar as possibilidades de simulação, entre outros detalhes importantes. Confira!

LCI: o que é e como funciona?

As LCIs funcionam como um tipo de empréstimo, em que você compra um título de dívida privada de uma empresa e, depois de um período, recebe o valor de volta acrescido dos juros referentes a esse período.

Podem ser emitidos por qualquer instituição financeira que possua uma carteira de crédito imobiliário em seu portfólio de investimentos. 

E esse é exatamente o aspecto utilizado como ‘lastro’, ou seja, o ativo que dará confiabilidade de retorno para aquela aplicação, o financiamento de imóveis que estejam sob alienação fiduciária ou com hipoteca feita.

Esses ativos têm como principal diferença dos demais a ausência da necessidade de pagamentos dos chamados tributos para o governo, o que torna essa uma aplicação mais atrativa para seus investidores.

Mesmo que alguns usuários ainda tenham receio de investir nas LCIs, ele é considerado pelos economistas uma aplicação conservadora, ou seja, de baixo risco, já que ele é protegido pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC), que garante o ressarcimento dos prejuízos de até R$250 mil por CPF e instituição financeira.

E por que existe essa relação entre os mais variados investimentos e o mercado imobiliário? Simples: movimentação de setor. 

Para as instituições financeiras é interessante utilizar parte do capital investido para oferecer financiamentos habitacionais aos seus clientes, pois gera ainda, um valor de lucro maior com os juros acrescidos às parcelas pagas.

É importante lembrar que, exatamente por se tratar de uma aplicação extremamente vantajosa, nem sempre está disponível, visto que a emissão dos financiamentos acompanha o comportamento de mercado do momento.

Ou seja, quando a demanda por créditos imobiliários do país cai, a emissão desses títulos diminui consideravelmente.

Vantagens e desvantagens da LCI

E temos então uma das principais desvantagens do setor: a sua inconstância de ofertas, o que torna a competitividade desse mercado mil vezes maior. 

Vamos conhecer mais algumas desvantagens que, sim, existem dentro dessas aplicações e relembrar quais são as vantagens em se trabalhar com investimentos LCI.

Desvantagens

Além dessa inconstância de ofertas, podemos colocar a falta de liquidez como uma das principais desvantagens da LCI. Isso significa que se você precisar retirar o seu dinheiro antes do dia do vencimento predeterminado, não terá garantia de segurança do seu rendimento, além de sofrer descontos no valor investido.

Outro ponto, que também é relacionado ao resgate desse valor investido, é o período de carência, que pode chegar a 90 dias. 

É por isso que essas aplicações são, na maioria das vezes, feitas para fundos imobiliários, pois estes possuem um tempo de finalização longo, o que evita o desgaste do processo necessário para reaver o valor fora do prazo.

As opções de LCI com prazo de resgate mais curto possuem um percentual de rendimento menor que os demais, ficando bem abaixo do ativo tradicional, exatamente pela característica principal da renda fixa: a maior rentabilidade em investimentos de longo prazo.

Vantagens

Primeiramente, vamos relembrar o que já foi dito anteriormente sobre a isenção dos descontos no Imposto de Renda, a qual essa opção de renda fixa proporciona.

Além da isenção, existe a garantia de segurança assegurada pelo Fundo Garantidor de Crédito, que já mencionamos. Esses dois pontos, em conjunto, fazem com que a Letra de Crédito Imobiliário seja uma das opções de aplicação mais rentáveis dentro da cartela de renda fixa.

LCI simulador: como calcular seus investimentos?

Os cálculos feitos no simulador LCI são feitos de forma instantânea e são solicitados apenas alguns dados básicos para análise e formulação dos resultados. Antes de preencher tais dados, faça suas contas considerando que o ano tenha 360 dias, que é o utilizado para cálculos financeiros. 

Os dados inicialmente solicitados são:

  • tipo de investimento (CDB/LC, LCI/LCA ou Tesouro);
  • qual será o investimento inicialmente aplicado;
  • o investimento mensal que pretende investir;
  • prazo, ou seja, quanto tempo deseja deixar o montante aplicado;
  • qual será o rendimento informado no título.

Quando se questiona sobre rentabilidade, existem três opções que podem ser levadas em consideração: prefixada, pós-fixada e IPCA ou híbrida.

  • No caso da prefixada, o rendimento já é determinado na data da aplicação do valor e não tem possibilidade de variação conforme o tempo passar;
  • Já a pós-fixada é o oposto, o retorno financeiro pode variar de acordo com índices de referência;
  • Por fim, o IPCA, onde o rendimento é a variação da inflação, mais o valor da taxa prefixada.

LCI rendimentos

Por se tratarem de títulos de baixo risco, os rendimentos LCI são, na maioria das vezes, positivos. Mas, é claro, dependendo do valor da taxa de juros, às quais eles estejam ligados. 

Dentro do sistema LCI de rendimento, os sistemas já mencionados (prefixados e pós-fixados) trazem rendimentos distintos. Veja dois exemplos:

Rendimentos prefixados

Aqui o rendimento está preestabelecido, já que a taxa de juros é fixa. Então digamos que uma LCI renda 9,9% a.a. e o seu valor inicial de aplicação seja de R$25.000,00, depois do primeiro ano (12 meses), o investidor poderá chegar a um resgate de R$27.475,00.

Rendimentos pós-fixados

Já neste caso, o rendimento é atrelado a uma taxa variável, ou seja, digamos que uma LCI renda 72%. O valor final só poderá ser determinado depois da data do vencimento, considerando que o CDI pode ser maior ou menos do valor investido.

Vale a pena investir na LCI?

Depois de entender o que é LCI e quais são suas vantagens e desvantagens, você consegue chegar a uma conclusão sobre a possibilidade de investimento neste fundo de renda fixa? Falando de forma genérica, podemos dizer que isso pode variar muito. Tudo vai depender de qual for o seu tipo de investimento.

Ao mesmo tempo que é uma aplicação livre das alíquotas do IR, ela se torna menos indicada caso você precise de um retorno imediato do valor investido ou, até mesmo, ache que pode vir a precisar desse dinheiro, caso aconteça algum imprevisto.

Lembrando: mesmo com a isenção do IR, é necessário que todas as contas de aplicação sejam devidamente feitas, para que você tenha material de comparação qualificado o suficiente para analisar seu investimento em LCI, principalmente de forma comparativa com outras rentabilidades.

Agora você já sabe o que é LCI e conheceu mais uma maneira de investir e aplicar o seu dinheiro, que pode te trazer ganhos extraordinários a médio e longo prazo. Então, que tal saber ainda mais sobre como os financiamentos funcionam e quem sabe começar ainda hoje a aplicar seus rendimentos em algum deles? 

Separamos um conteúdo especial para te ajudar nisso. Boa Leitura!

Feito para você: Investimentos alternativos – por que optar por esse modelo de negócio?

Comentários

Salvar