Criar estratégias de marketing para as redes sociais é fundamental para as empresas que desejam ter sucesso no mercado. O social selling, por exemplo, é uma estratégia que pode ajudar nas vendas, gerando excelentes benefícios.   As redes sociais são muito mais do que espaços para interação, pois cada vez mais podem ajudar no fechamento

Criar estratégias de marketing para as redes sociais é fundamental para as empresas que desejam ter sucesso no mercado. O social selling, por exemplo, é uma estratégia que pode ajudar nas vendas, gerando excelentes benefícios.

 

As redes sociais são muito mais do que espaços para interação, pois cada vez mais podem ajudar no fechamento de ótimos negócios e proporcionar mais contato e conhecimento sobre o público-alvo.

 

Por isso, é importante conhecer a técnica de social selling e sanar as dúvidas que podem surgir sobre a prática, como propor vendas nesses ambientes.

O que é social selling?

O social selling é um conjunto de estratégias de marketing em que as redes sociais são utilizadas de modo planejado para encontrar, engajar e ter uma boa relação com o público-alvo.

 

Basicamente, a ação visa criar oportunidades para negócios que se transformam em vendas, além de promover relações de fidelização.

 

Com isso, a equipe de vendas pode utilizar estes canais para agregar valor aos consumidores. 

 

Afinal, as redes sociais permitem uma interação com os clientes, sejam os atuais ou os novos, por meio de mensagens, comentários, publicações, curtidas em publicações, compartilhamento dos conteúdos, bem como outras formas de contato e publicação nas mídias sociais.

 

Um ponto importante que os empreendedores devem saber é que não basta criar perfis e páginas nas redes sociais e fazer publicações. 

 

Para obter resultados positivos, é necessário um bom planejamento para divulgar os conteúdos e, assim, saber bem os seus objetivos e usar as melhores ferramentas para conquistá-los.

Qual a relevância do social selling para as empresas?

Ao falar de prospecção de clientes é impossível não mencionar as redes sociais, já que esses canais de comunicação são utilizados por milhares de pessoas diariamente para pesquisar assuntos de interesse e se comunicar.

 

Essas pesquisas geralmente estão relacionadas a itens de consumo, ou seja, as pessoas usam as redes para analisar os produtos que desejam comprar e se inteirar sobre alguns temas – que pode se transformar em uma necessidade de consumo. 

 

Isso acontece porque as redes oferecem informações relevantes conforme os interesses do público-alvo, tendo em vista as pesquisas e interações, indicando novos materiais.

 

O uso de plataformas como as redes sociais para pesquisar informações sobre produtos, por exemplo, proporcionam maior poder ao cliente com relação à consideração e comparação entre diferentes empresas, produtos e serviços. 

 

Por isso é importante saber como se posicionar frente a esse mercado, usando a plataforma para alcançar esse público que cresce diariamente.

 

As redes são excelentes vitrines e ao mesmo tempo funcionam como mesas de negociações.

 

Isto posto, as empresas que dominam bem esse espaço ganham mais força no mercado e podem utilizar as interações com os clientes como um bom argumento de venda.

 

Outra vantagem é que é possível se relacionar exatamente com o público que tem mais potencial de consumir o produto ou serviço, visto essa identificação de interesses do público e os insights que a própria plataforma pode disponibilizar sobre as interações.

Benefícios do social selling

O social selling é uma excelente abordagem de centralização e integração das estratégias de marketing focadas em conquistar clientes nas redes sociais. 

 

Com isso, investir nessa estratégia pode agregar vários benefícios ao negócio, por exemplo:

 

  • Atrair novos leads (potenciais clientes);
  • Melhorar o relacionamento com o cliente;
  • Ajudar a encontrar o público-alvo ideal para a sua empresa;
  • Aumentar a visibilidade;
  • Trazer mais oportunidades de fidelização;
  • Reduzir o custo de aquisição de clientes;
  • Consolidar e posicionar a marca no mercado;
  • Facilitar a integração com diferentes canais;
  • Diminuir etapas no ciclo de vendas;
  • Melhorar o follow-up.

Como colocar em prática o social selling nos negócios?

Aos que têm dúvidas se o social selling realmente vale a pena, a dica é começar o mais rápido possível, mesmo que em uma rede, para verificar o potencial de contato com o consumidor. 

 

Afinal esta é uma das grandes tendências quando o assunto é vendas no modelo de consumo atual.

 

Para isso, investir em algumas dicas práticas pode ajudar no processo, sendo elas:

  1. Capacitação dos profissionais

É importante preparar a equipe de vendedores com treinamentos e conversas a respeito do social selling, além de ter uma equipe preparada para realizar o marketing e o atendimento nessas plataformas.

 

Isso é fundamental para alinhar a linguagem e as práticas que serão utilizadas.

 

Desenvolver cartilhas e palestras também são formas de informar a todos os colaboradores sobre as práticas, auxiliando-os a se organizarem para dar o melhor e ajudar nos resultados de social selling.

  1. Atenção ao conteúdo

Com os vendedores informados sobre o processo, é hora de colocar o social selling em prática, ou seja, criar conteúdo. São esses materiais que permitem gerar engajamento e resultados para a empresa.

 

As publicações nas redes sociais podem ser em formatos como vídeos, imagens, infográficos, textos, reportagens, entre outros. O mais importante é demonstrar conhecimento sobre o assunto e não ficar inativo.

  1. Gerenciamento do escopo das atividades

É importante fiscalizar as atividades feitas pelos vendedores para saber se está correndo tudo conforme o planejado. A falta de gestão pode gerar sobrecargas e desgastes nas equipes de comunicação e vendas.

 

Deste modo, separar bem as demandas e seguir o planejamento é o modo de ter resultados interessantes.

Orientações finais

Como pode ser percebido, o social selling é uma estratégia relevante para as marcas se posicionarem frente ao mercado consumidor, ampliando o potencial e as oportunidades de vendas em canais que são usados diariamente pelos usuários, ou seja, as redes sociais.

 

Para que isso ocorra adequadamente, uma boa estratégia de social selling é focada em:

 

  • Uma estreita relação com os clientes;
  • Conteúdos de qualidade que ajudam a resolver problemas;
  • Humanização do atendimento;
  • Indicações úteis para os clientes.

 

Assim, não só o relacionamento é otimizado, como novas vendas podem ocorrer de forma mais direcionada e efetiva, trazendo melhorias ao negócio.

 

Portanto, os investimentos em social selling possibilitam que as empresas tenham mais credibilidade, atraiam novos clientes e obtenham excelente lucratividade.

 

Comentários

Salvar