Como regularizar a sua empresa de Marketing Digital? Entenda qual a importância e como legalizar o seu negócio em 2022. Confira! Como regularizar a sua empresa de Marketing Digital? Segundo dados do Ministério da Economia, atualmente (2022) há 18,915 milhões de empresas ativas no Brasil, sendo a maioria (13,2 milhões) pertencentes ao regime MEI. Diante

Como regularizar a sua empresa de Marketing Digital? Entenda qual a importância e como legalizar o seu negócio em 2022. Confira!

Como regularizar a sua empresa de Marketing Digital? Segundo dados do Ministério da Economia, atualmente (2022) há 18,915 milhões de empresas ativas no Brasil, sendo a maioria (13,2 milhões) pertencentes ao regime MEI. Diante de um mercado tão corrido, torna-se necessário então, saber como regularizar a sua empresa, garantindo seus deveres e direitos.

 

Uma empresa regular é, precisamente, toda aquela que encontra-se dentro do Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas, o qual engloba desde o mais simples Microempreendedor Individual (MEI) até uma empresa transnacional. Mas não basta este cadastro, é preciso cumprir também com pagamentos de tributos e garantir regularmente que seu negócio não possui débitos que o prejudiquem futuramente.

 

Vejamos então a seguir qual a importância de regularizar a sua empresa de Marketing Digital e como funciona na prática essa legalização. Confira!  

 

A importância de regularizar o seu negócio de Marketing

 

Desde de uma agência full-service (aquela que atende todas as demandas necessárias de marketing digital do seu cliente) ou agência especializada (aquela focada em uma ou algumas áreas de marketing), até um profissional de marketing freelancer, todos os tipos de prestação de serviço deve ser regularizado perante o governo para evitar futuros problemas tributários e até mesmo garantir seus futuros benefícios previdenciários.

 

A importância de legalizar o seu negócio reside ainda em outras questões como: reafirmação da segurança da empresa perante os sócios, funcionários, e até mesmo o mercado. Isso mesmo! Estar em dia com o seu cadastro e tributos pode te ajudar a transmitir a sua credibilidade perante os seus futuros clientes, o que se torna também uma vantagem competitiva no mercado competitivo. 

 

Além disso, com o registro CNPJ é possível participar de licitações, ampliar a sua carteira de clientes e concorrer a certificações importantes do ramo das Agências de Marketing, como o selo de qualidade Great Place to Work

 

E se isso tudo já não bastasse como motivos para comprovar a importância de legalizar a sua empresa, temos ainda o fato do Certificado de Registro significar a sua propriedade sobre toda e qualquer menção feita à ela. Assim, você se torna legalmente protegido de uma possível tentativa de roubo de patente ou uso indevido da mesma. 

 

Como regularizar a sua empresa? 

 

Pode parecer difícil saber o que fazer e como dar o primeiro passo para regularizar a situação da sua empresa de marketing, e pensando nisso separamos 3 passos simples para te ajudar:

 

Caso você deseje abrir o seu negócio:

 

  1. Trace um plano de negócio (metas e objetivos concretos, quais seus recursos financeiros, quantos funcionários o negócio terá, qual será a média de ganho mensal).
  2. Procure o acompanhamento de contador (explique a situação do negócio, se é MEI PJ).    
  3. Escolha o melhor regime tributário para o segmento da sua empresa, orientado por esse profissional de finanças. Entre os modelos existentes nacionalmente, os mais comuns são: Sociedade Empresária Limitada (Ltda.), Sociedade Simples (SS), Sociedade Anônima (SA), Microempresa (ME ou MEI), Empresa de Pequeno Porte (EPP).

 

E caso, você já tenha uma empresa aberta e precise legalizá-la, deverá seguir os seguintes passos:

  1. Consulte a situação da sua empresa no site da Receita Federal.
  2. Procure um contador para verificar seus documentos e confirmar possíveis atualizações que sejam necessárias, caso por exemplo, você encontre-se em um momento de transição de situação cadastral de MEI para ME.
  3. Mantenha anualmente a sua documentação tributária atualizada.

 

Gostou desse conteúdo? Para mais informações e dicas para o seu negócio acompanhe o SebraeMS!

Comentários

Salvar