Os jogos tradicionais e os jogos NFT, apesar de serem ambos jogos, cumprem propósitos diferentes. Os jogos tradicionais seguem sendo parte alheia à nossa vida, enquanto os jogos NFT assumem um papel mais profundo.

Se você navegou pelo menos uma vez na internet nos últimos tempos, provavelmente já ouviu falar sobre NFTs, os non-fungible tokens, ou tokens não fungíveis. Um artigo não fungível é algo que não pode ser substituído, ou seja: preza-se pela originalidade do artigo. Para quem não é ligado em criptomoedas, este conceito pode ser complicado: NFTs são arquivos digitais cujos princípios básicos são a autenticidade e a exclusividade. Qualquer material digital pode ser um NFT: uma imagem .jpeg, uma música, um atributo em um jogo. Estes assets digitais encontram-se registrados e atrelados à blockchain.

Para o mundo dos jogos, os NTFs trouxeram uma nova perspectiva, uma vez que os NFT games também abraçam as ideias de metaverso e realidades virtual e imersiva – as bases da Web 3.0, tendência em que vida real e virtual são fluidas e interdependentes. O boom desta nova forma de interagir com o mundo levanta uma questão: qual o futuro das operações tradicionais, como os jogos?

Uma breve história dos jogos

 Os jogos de videogame evoluíram muito desde os anos 70, quando o Magnavox Odyssey foi lançado. O primeiro videogame contava apenas com gráficos simples, sem cores e sem sons. Durante os anos 80, empresas revolucionaram o mercado com consoles como o Sega Master e Atari 7800. Os primeiros grandes jogos surgiram nos anos 80 e 90, com a popularização dos consoles Nintendo e Playstation. Os primeiros jogos de computador surgiram nos anos 90, devido à popularização dos computadores domésticos. Grandes franquias como Counter Strike e The Sims surgiram no final dos anos 90, quando a internet banda larga ainda não era uma realidade.

Os anos 2000 foram marcados pela acessibilidade à internet de banda langa, e esta porta aberta possibilitou o surgimento dos MMORPG, como League of Legends, e de uma nova categoria de jogos online: os jogos casuais, aqueles jogos legais para PC. Desenvolvidos em Flash ou Java, estes jogos trazem menor complexibilidade e são a escolha de muitos, até os dias de hoje, para relaxar e fazer algo divertido. Com o avanço da tecnologia móvel, os jogos para celular também ganharam espaço – quem nunca jogou Candy Crush ou Farm Town?

A evolução da tecnologia permitiu com que o mundo dos jogos se transformasse em um universo capaz de agradar a todos, e amantes de todos os devices. Para os que gostam de jogos mais leves, existem os jogos casuais. Para os que preferem engajar-se em outra realidade, existem jogos com histórias complexas, alta jogabilidade e gráficos impecáveis – capazes de fazer o jogador sentir-se, de fato, dentro do jogo.

A Web 3.0 e os jogos NFT

A realidade da Web 3.0 transforma o mundo virtual em uma extensão do mundo real através de tecnologias como os ambientes virtuais e óculos de VR, que permitem que estejamos em algum lugar sem estarmos, de fato, lá. O impacto prático disso no dia a dia é, por exemplo, a possibilidade de visitar um apartamento sem ir fisicamente até lá, ou realizar reuniões em uma locação virtual usando avatares.

Os jogos NFT fazem uso da fluidez das realidades física e virtual através da valorização dos jogos e itens colecionados também no mundo real, como se aquele mundo ou aquele personagem não fosse simplesmente um mundo ou um personagem online. A identidade virtual passa a ser, também, parte de quem se é.

Nos ambientes virtuais dos jogos, é possível interagir com outros personagens – assim como em um jogo regular, mas existe um maior distanciamento entre o avatar e o usuário offline. Assim, os jogos NFT garantem interação entre pessoas em ambientes virtuais complexos e anônimos.

Um dos jogos mais famosos é Axie Infinity, um jogo de estratégia estilo card games, enquanto The Sandbox é um jogo estilo Minecraft em que você pode jogar outros jogos, passear pelo metaverso ou construir seu próprio jogo. Existem jogos para todos os estilos: card games, MMORPG ou blocs games.

A Web 3.0 traz, como um todo, a possibilidade de estar em outros lugares apesar de ainda estarmos aqui, no mesmo lugar. Os processos distanciam-se pessoalmente, uma vez que a presença física e o contato humano vão deixando de ser necessários, mas o mundo aproxima-se e unifica-se, uma vez que a presença física, graças à realidade virtual, passa a ser relativa.

Agradando a gregos e troianos

Os jogos tradicionais e os jogos NFT, apesar de serem ambos jogos, cumprem propósitos diferentes. Os jogos tradicionais seguem sendo parte alheia à nossa vida, enquanto os jogos NFT assumem um papel mais profundo. Assim como existem pessoas que prezam pelos processos físicos seja para realizar uma visitação ou uma compra, existem aqueles que não almejam entrar no mundo dos NFTs porque sentem-se satisfeitos com a logística dos jogos tradicionais, cujo principal objetivo é ajudar o usuário a relaxar de forma simples.

Quando ocorreu o surgimento da televisão, os defensores do rádio temeram pelo seu fim. Com a chegada da internet, as emissoras de televisão temeram pelo seu futuro. Entretanto, todos seguem firmes e com seus devidos públicos e espaços. O surgimento da internet marcou uma nova era, uma vez que o território virtual é infinito e infinitamente livre, sujeito apenas à imaginação e capacidade de criação do ser humano. Em um universo tão grande e tão livre, nada torna-se obsoleto – apenas criam-se novas possibilidades.

Comentários

Salvar