Fazer site para lojas online pode ser uma ótima maneira de você ganhar dinheiro. Afinal, com a pandemia, o comércio online explodiu, visto que muitas lojas tiveram que se acostumar com as vendas pela internet. 

Se você não tem experiência com o desenvolvimento de loja virtual, vamos te dar algumas dicas para você conseguir executar esse trabalho com êxito. 

Quais são as opções? O que o cliente pode esperar do seu trabalho? E como entregar um produto de qualidade, que é uma loja online, para o seu cliente? São essas perguntas que responderemos, confira! 

Quem lida com comércio sabe: com a pandemia e as regras de isolamento social, shoppings e centros comerciais fecharam. 

Com isso, muitas lojas tiveram dificuldade de migrar para o e-commerce. Já outras, aproveitaram essa oportunidade para investir no comércio pela internet. 

Agora que a pandemia está diminuindo, a tendência é que o comércio físico retorne, mas poucos são os que acreditam que o comércio online vai diminuir. 

Afinal, os consumidores aprenderam que nada melhor do que escolher e receber os produtos no conforto de casa, sem ter que sair, estacionar o carro ou ainda carregar o peso das compras. 

Alguns dados interessantes: durante o ano de 2020, justamente com a pandemia, o comércio online chegou a crescer mais de 40%! Isso porque, no ano anterior, quando não havia pandemia, ele já havia crescido 19%. 

Ou seja, a tendência de alta do comércio online veio para ficar. Por isso, fazer um site para lojas online é garantir que esse tipo de comércio continue em alta. 

  • O que esperar de um site para lojas online? 

Se você é um cliente, deve saber o que esperar da criação de um site para sua loja virtual. 

Até porque, se não é você mesmo que vai desenvolvê-lo, você saberá o que cobrar do profissional contratador para executar esse serviço. 

Para começar, o site deve ter carregamento rápido e não ter bugs, que são os erros. 

Já pensou, que chato, um cliente se encanta com um produto e quando vai abrir a foto do produto, ela simplesmente não abre? 

Ou então uma loja virtual que demora um tempo considerável para carregar toda a página.. Isso afasta os futuros clientes. 

Para se ter uma ideia, estudos mostram que os usuários da internet ficam no máximo 8 segundos em uma página que capta sua atenção. Isso mesmo, 8 segundos! 

Ou seja, uma página deve demorar no máximo 3 segundos para carregar. Senão, há grande chance do usuário sair da página e ir buscar o produto no concorrente. 

Portanto, ter um carregamento rápido e páginas sem erros são dois pontos cruciais para quem vai fazer site para lojas virtuais. 

  • Dicas para fazer site de lojas virtuais 

A primeira dica tem relação com as imagens dos produtos que serão vendidos: procure mostrar o produto em sua totalidade e com alguma referência de tamanho. 

Por exemplo, se você vai vender uma bolsa, faça fotos da bolsa ao lado de outros objetos, ou com uma modelo usando o produto. 

Dessa forma, o cliente terá uma noção se a bolsa é grande ou pequena. 

A qualidade da foto também é importante: nada de fotos sem foco. E tome cuidado com o tamanho da imagem: ela deve ter boa resolução, mas não deve ser tão pesada, em tamanho, que demore para carregar. 

Existem várias plataformas para você fazer site de lojas virtuais, inclusive várias gratuitas. Mas, se atente ao número máximo de produtos que podem ser vendidos, pois isso costuma ser o limite de cada uma, sobretudo as gratuitas. 

Há também opções em que você pode configurar o domínio. Já em outras, não. 

Portanto, isso depende bastante do seu cliente deseja e qual o orçamento para tal. 

Além disso, verifique como é o processo para compra de um produto. É simples? Complexo? Se o cliente errar, tem como voltar? 

E há bastante informação sobre cada produto exposto? Não exite em colocar o máximo de informações possível sobre o que está sendo vendido. 

  • Meios de pagamento e meios de envio 

Uma dica muito importante para qualquer loja virtual é como o cliente poderá fazer o pagamento e como o produto será enviado para ele. 

Atualmente, existem diversas empresas de logística atuando no país, não somente os Correios, que costumam ser o método mais barato. 

Mas, há clientes que preferem pagar um pouco mais no frete e receber o produto mais rapidamente, por exemplo. 

Caso for ofertar frete grátis, em promoções, deixe claro as condições. 

Em relação aos meios de pagamento, existem inúmeras opções, de cartões de crédito até PIX. 

Informe-se sobre cada um deles e as taxas, para você poder incluí-las no custo do produto para você e assim, ter o lucro que deseja. 

E por último, lembre-se sempre de oferecer contato facilitado para o cliente. O WhattsApp é uma grande ferramenta e permite que o cliente entre em contato com a loja virtual de maneira rápida e fácil. 

Seguindo essas dicas, certamente sua loja virtual terá um site bem-feito e de grande sucesso! 

Comentários

Este blog tem o orgulho de ter o apoio destas marcas:
Salvar