Manter-se competitivo no mercado é uma tarefa árdua, mas não impossível. Para facilitar sua vida, é possível turbinar suas vendas com o marketplace, uma plataforma fantástica para quem está iniciando na vida do comércio online. Mas antes de nos aprofundarmos mais no assunto, vamos entender um pouco o contexto atual. Com o início da pandemia,

Manter-se competitivo no mercado é uma tarefa árdua, mas não impossível. Para facilitar sua vida, é possível turbinar suas vendas com o marketplace, uma plataforma fantástica para quem está iniciando na vida do comércio online.

Mas antes de nos aprofundarmos mais no assunto, vamos entender um pouco o contexto atual. Com o início da pandemia, diversos comércios físicos foram obrigados a fechar suas  portas.

Como consequência direta, a adaptação para o mundo virtual foi quase que mandatória. Para você ter uma ideia, de acordo com o UOL, aproximadamente 100 mil lojistas brasileiros recorreram às vendas online só no primeiro semestre de 2020.

Assim como houve uma migração para as vendas online, o comportamento de compras também mudou bastante. Atualmente, cerca de 46% dos brasileiros preferem fazer compras online, segundo pesquisa do Cybersource. E esse número só tende a crescer.

Portanto, é inegável que o melhor momento para fazer vendas online seja agora. Mas por onde começar?

Por que fazer vendas em um marketplace?

Já mostramos o quão importante é anunciar o seu produto na internet. A questão agora é por que começar por um marketplace. Aliás, você sabe o que essa palavra em inglês significa?

Marketplace é uma espécie de shopping virtual que permite que você coloque a sua loja e anuncie seus produtos em um gigantesco catálogo. Ou seja, possibilita a ligação entre oferta e procura. Esse processo facilita – e muito – tanto a vida do comprador quanto do vendedor, pois todas as mercadorias são listadas em um mesmo lugar.

Para saber um pouco mais, separamos o vídeo abaixo, desenvolvido pelo olist. Confira!

https://youtu.be/A1LiVPiyGRE

Essa é só a primeira das vantagens de participar de um marketplace. Vamos conferir as outras?

Processo mais acessível e facilitado

Começar a fazer suas vendas no marketplace não tem mistério, pois o processo é acessível e fácil. Ele é Muito mais simples do que montar um e-commerce do início, uma vez que, por meio dele, não é necessário:

  • Se preocupar com hospedagem de site
  • Registrar um domínio
  • Contratar uma empresa especializada para desenvolver seu e-commerce

Você precisa apenas ter uma MEI ou ME para emitir as notas fiscais, ter um estoque e realizar suas vendas no marketplace.

Segurança para você e seus clientes

A maioria dos marketplaces já tem reconhecimento do público, e isso é uma segurança para você, que irá alugar seu “espaço” para fazer as vendas. Isso promove a tranquilidade que tanto busca, visto que seus produtos estarão vinculados a uma empresa consolidada.

Já os clientes podem ficar sossegados e ter segurança na hora da compra. Afinal, só pode realizar vendas em marketplace quem tem CNPJ e produtos de qualidade. Dessa forma, o comprador fica mais protegido na hora de fechar negócio.

Mais venda em menos tempo e com mais organização

Você, lojista, não precisa vender em apenas um marketplace. Ao anunciar em vários ao mesmo tempo, suas chances de negociar aumentam consideravelmente. No entanto, para que isso aconteça de forma assertiva e com total controle, é preciso usar uma ferramenta que permita essa gestão integrada e que proporcione alta visibilidade nos canais.

Uma dessas plataformas é o Olist Store, que facilita a gestão e a performance de vendas em mais de 10 grandes marketplaces. Saiba mais sobre o Olist Store!

Pacotes exclusivos

Alguns marketplaces oferecem serviços que facilitam muito a vida do vendedor. Alguns desses pacotes, por exemplo, são relacionados a frete facilitado e formas de pagamento.

Isto é, o vendedor não precisa se preocupar em procurar formas de oferecer um frete melhor ao cliente. Essa é uma das formas de otimizar tempo e aumentar as vendas.

3 dicas importantes sobre vendas em marketplace

Realizar vendas em marketplace é fácil, mas requer cuidados. Pensando nisso, criamos uma lista de dicas para que você e sua empresa tenham sucesso. Confira!

1. Cuidado com o cadastro dos produtos

Sabemos que a empolgação para começar um novo negócio é grande, mas é preciso planejamento. Um dos maiores desafios encontrados nesses “shoppings virtuais” são as descrições sobre os produtos, que podem envolver os seguintes problemas:

  • Nomes incorretos
  • Cadastro em categorias erradas
  • Informações incorretas ou muito sucintas, que prejudicam o engajamento com os compradores
  • Fotos que não condizem com o produto ou a ausência de fotos

Tomar esse cuidado é vital para construir um bom relacionamento com seu público, uma vez que você demonstrará preocupação com a experiência do cliente. Além disso, essa prática o ajudará a evitar reclamações e avaliações negativas de compradores que possam se sentir lesados por uma descrição errada de produtos.

2. Não perca o controle do estoque

Se você comercializa poucos produtos, tem um e-commerce, não tem loja física e anuncia em apenas um marketplace, pode ser que consiga controlar seu estoque sem auxílio.

Entretanto, se suas suas mercadorias estiverem no catálogo de diversos marketplaces, essa prática pode ser inviável e contraproducente, pois é difícil administrar vários itens em muitos locais diferentes. Logo, para evitar a perda do controle de estoque, é importante realizar um gerenciamento atento de entrada e saída de produtos.

Mas fazer isso manualmente pode ser um grande desafio e exigir uma equipe maior. Não é à toa que muitas empresas investem em sistemas de gestão de estoque que podem ser integrados aos marketplaces.

Além desses softwares, também existem ferramentas agregadoras de marketplace que centralizam a gestão uma única plataforma. Dessa forma, manter o controle de mercadorias se torna mais fácil e rápido.

3. Evite a baixa reputação

É preciso ser assertivo, objetivo e ter um cuidado especial na comunicação com o comprador. Oferecer produtos de qualidade, não demorar a responder os questionamentos e demonstrar prontidão lhe garantirão uma boa reputação.

Avaliações negativas, seja por atendimento ineficiente ou produtos que fogem do que foi oferecido, impactam diretamente suas vendas. Além disso, seu ranqueamento no marketplace pode piorar – ou seja, não ficar entre os primeiros resultados da pesquisa.

Desse modo, é fundamental tomar cuidado ao fazer a descrição do produto, oferecer mercadorias de qualidade e não esquecer de administrar cuidadosamente o estoque. Assim, você conseguirá se prevenir de futuras reclamações.

Preparado para iniciar as vendas em marketplaces? 

Agora que já conhece as vantagens de anunciar em marketplaces e sabe as dicas preciosas para ter sucesso, você está pronto para começar! Se adaptar para se manter competitivo é essencial. Portanto, não perca essa oportunidade de ver sua empresa crescer e alavancar as vendas!

 

Este post foi escrito pela equipe do olist, uma solução completa para lojas que querem vender online de forma prática e profissional. Com milhares de lojas parceiras em mais de 180 países, o olist tem ferramentas que facilitam a criação de loja virtual, a venda em marketplaces e a operação logística no e-commerce. Conheça o olist.

Comentários

Este blog tem o orgulho de ter o apoio destas marcas:
Salvar