Já teve IOF no cartão de crédito e não sabe porque foi cobrado? Saiba o que significa e quando aparece esse imposto!

Certamente você já abriu uma fatura do cartão e viu escrito ‘IOF cartão de crédito’, certo? Mas o que será que isso significa? Esta sigla significa o tão famoso Imposto sobre Operações Financeiras.

Você talvez não saiba, mas ele afeta tanto as suas compras nacionais quanto internacionais. Por isso é tão importante ficar por dentro sobre todos os detalhes da forma como atua e é cobrado.

Afinal, ninguém quer pagar a mais por algo que desconhece, né? Neste artigo, vamos te contar mais sobre essa cobrança.

O que é o IOF?

O IOF, ou Imposto sobre Operações Financeiras, é considerado um imposto federal, que é pago tanto por pessoas físicas quanto jurídicas.

Ele pode aparecer em várias situações, por exemplo, em saques, compras no exterior, em estouros de limite, entre outros.

Em suma, sempre que forem efetuadas operações de crédito, câmbio, seguro ou até mesmo operações de títulos e valores imobiliários, ele aparece.

É mais uma forma do Governo arrecadar dinheiro, podendo ser usado para controle da economia brasileira.

Esses dados também são utilizados para mensurar e extrair informações acerca das operações financeiras em todo o país.

Quando aparece IOF no cartão de crédito?

Muita gente atrela o IOF do cartão de crédito exclusivamente ao uso dele, porém é importante desmistificar essa relação entre ambos.

Afinal, não há cobrança de IOF nas compras realizadas em cartão de crédito no uso do dia a dia.

Isso mesmo, independentemente se suas compras forem parceladas ou não, o IOF não estará lá só porque foram feitas.

Vale destacar que o IOF no cartão de crédito só vai aparecer na fatura caso você tenha realizado alguma movimentação considerada “operação financeira”.

Situações em que o IOF aparece no cartão de crédito

Segundo explicado pelo Nubank, somente em algumas situações que o IOF no cartão de crédito é encontrado, por exemplo:

  • Atraso no pagamento da fatura – porque o valor acumulado se torna uma dívida e vai para a linha de crédito chamada de rotativo, o que é considerado uma operação financeira;
  • Compras no exterior, inclusive pela internet, sobre as quais incidem também as taxas cambiais;
  • Pagamento mínimo ou não pagar integralmente a fatura do cartão no período solicitado;
  • Financiamento da fatura do cartão de crédito;
  • Empréstimos por meio do cartão de crédito;
  • Compras acima do limite do cartão;
  • Saques no cartão de crédito.

Qual é o valor do IOF no cartão de crédito?

O valor que será cobrado pelo IOF varia de acordo com o tipo de operação financeira e o valor dessa operação.

Vale destacar, ainda, que o IOF não é uma taxa de juros. Ele é um imposto cobrado em cima das operações financeiras.

Um exemplo bem prático é quando o cliente entra no rotativo do cartão. Neste caso, ele vai pagar os juros cobrados pelo banco, além do IOF ao governo.

Outro ponto é que o valor do IOF aparece na fatura e é inegociável. A melhor forma de não ter esse gasto é evitar o acúmulo de juros.

Qual é o valor do IOF hoje?

Acompanhe a tabela com os valores do IOF hoje e não erre no cálculo!

IOF para empréstimo e financiamentode 0,38% a 3,38%
IOF para cartão de crédito6,38%
IOF para seguroaté 25%
IOF para câmbio de moedas1,1% sobre o total
Tabela de valores do IOF hoje

Comentários

Salvar