Para muitas famílias, ter um carro não é só um luxo, mas uma necessidade diante dos desafios do dia a dia, e comprar um carro sem entrada pode se tornar uma opção atrativa, quando se tem a quantia necessária para dar de entrada.

No entanto, é preciso analisar diversos fatores antes de decidir se essa é a melhor opção para você, pois assumir fatores como altas taxas de juros, prestações elevadas e até mesmo maior valor de seguro podem não valer a pena, caso não necessite do bem com urgência.

Então, para conferir as vantagens e desvantagens desse tipo de negócio e quando vale a pena comprar um carro sem entrada, confira agora o artigo que preparamos. Boa leitura!

Por que comprar um carro sem entrada?

Comprar um carro sem entrada pode ser uma escolha atrativa por diversos motivos, no entanto, é necessário avaliar cada um deles com cuidado antes de fechar um negócio.

Financiar um veículo sem dar um valor inicial de entrada será uma opção vantajosa para quem precisa de um veículo com urgência, mas não conseguiu poupar o dinheiro previamente.

Ou seja, essa pode ser uma boa alternativa para quem precisa do veículo para trabalho, estudos, necessidades familiares graves ou outros motivos urgentes que não possam aguardar o tempo necessário para juntar o dinheiro da entrada.

Além disso, comprar um carro sem entrada pode ser vantajoso para quem deseja utilizar este valor para outros fins, como quitar dívidas com juros altos, fazer um investimento vantajoso ou mesmo manter uma reserva financeira.

Quais as desvantagens de comprar um carro sem entrada?

Apesar das vantagens já citadas, comprar um veículo sem entrada também tem suas desvantagens. Por isso antes de tomar a decisão de adquirir o bem, é necessário considerar diversos fatores.

Dessa forma, o primeiro ponto a considerar são as parcelas mensais mais altas, pois, por não haver uma entrada para diminuir o valor financiado, as parcelas mensais tendem a ser mais elevadas, o que pode comprometer o orçamento mensal e aumentar o risco de inadimplência.

Além disso, o custo final do veículo será mais alto, uma vez que haverá um maior número de parcelas e sobre elas serão acrescentadas taxas de juros que, muitas vezes, são mais elevadas do que as de um financiamento com entrada.

Outros fatores a serem considerados são o risco de desvalorização do veículo, as limitações nas opções de financiamento e crédito e o maior impacto financeiro a longo prazo que este tipo de negócio pode trazer.

Quando optar por comprar um carro sem entrada

Diante das vantagens e desvantagens apresentadas, como decidir se vale ou não a pena comprar um carro sem entrada?

Para responder a essa pergunta, é necessário considerar a urgência pelo bem e a capacidade financeira para arcar com as prestações.

Afinal, ainda que você esteja precisando do veículo, de nada adianta entrar em um financiamento com o qual não possa arcar, e cair em dívidas e eventualmente até tenha o bem tomado por conta da inadimplência.

Como financiar um carro sem entrada

A forma mais comum de financiar um bem é oferecer uma porcentagem do valor como entrada e pagar o restante em forma de parcelas, sobre as quais será acrescentada uma taxa de juros.

No entanto, em alguns casos, é possível contratar um financiamento, mesmo sem ter um valor inicial para começar o negócio.

Nesse sentido, há diversas instituições que oferecem financiamentos para a compra de carro sem entrada, com as quais se pode parcelar o valor integral do veículo.

No Banco Santander, por exemplo, além de ter a possibilidade de financiar carro, motos, veículos pesados e outros tipos, é possível parcelar em até 60 meses (5 anos) e financiar até 100% do veículo.

Além disso, sendo cliente Santander Select é possível ter acesso a condições especiais sem precisar dar nenhum valor de entrada.

Santander Select

Cliente Select tem acesso a condições exclusivas de financiamentos.

Cliente Select tem acesso a condições exclusivas de financiamentos.

URL verificada

LEIA TAMBÉM: Financiamento de energia solar: saiba como funciona! || Santander Select financiamentos: Conheça as linhas mais vantajosas

Vale a pena comprar um carro sem entrada?

Comprar um carro sem entrada pode ser uma opção viável em algumas situações, mas é fundamental analisar cuidadosamente as condições do financiamento e considerar todas as desvantagens antes de tomar uma decisão.

Assim, este tipo de negócio pode valer a pena para quem precisa do bem com urgência, ainda não conseguiu juntar o valor de entrada, e, ao mesmo tempo, conseguiu encontrar um parcelamento que cabe no seu orçamento.

De outra forma, o custo total do veículo, as altas prestações, a desvalorização do imóvel ao longo do tempo e um possível endividamento podem tornar o negócio desvantajoso.

LEIA TAMBÉM: Select Global: saiba como funciona a conta internacional do Santander!