A cada dia as formas de ganhar dinheiro na internet vão se diversificando, uma das dúvidas mais comuns é a respeito de qual das modalidade é melhor para quem está começando: dropshipping ou afiliados. Veja, neste artigo, como cada um funciona e aprenda como decidir qual deles escolher.  O que você vai conferir neste post:1

A cada dia as formas de ganhar dinheiro na internet vão se diversificando, uma das dúvidas mais comuns é a respeito de qual das modalidade é melhor para quem está começando: dropshipping ou afiliados. Veja, neste artigo, como cada um funciona e aprenda como decidir qual deles escolher. 

Afinal, o que é dropshipping?

A modalidade conhecida como dropshipping funciona com a premissa básica da venda de produtos sem estoque

 

Funciona assim, você busca fornecedores e anuncia os produtos deles em seu site e coloca uma margem de lucro em cima do valor que precisará pagar ao distribuidor quando um cliente fizer a compra na sua loja.

 

A cada venda realizada no seu e-commerce, o fornecedor que produz aquele produto será acionado e o valor será pago a ele. Também é o fornecedor quem fica responsável pelo frete e entrega do produto aos seus clientes.

 

O ganho do dono do e-commerce será em cima da margem de lucro inserida sobre o valor original do produto.

 

Por exemplo, você possui uma loja especializada na venda de relógios, encontra um fornecedor que vende um determinado modelo por R$75 a unidade, você o vende por R$100 em seu site e seu ganho será de R$25 por cada venda.

 

Para entender como fazer o cálculo correto da margem de lucro dentro do dropshipping, assista o vídeo abaixo.

 

https://www.youtube.com/watch?v=O6lCNqcnlYE 

Quais vantagens e desvantagens do dropshipping?

A melhor forma de escolher entre dropshipping e afiliados é entendendo quais os prós e contras de cada uma das modalidades, veja a seguir os pontos a favor e contra o dropshipping:

Vantagens

  • Baixo investimento inicial: como não existe investimento na compra de produtos para estoque, os custos para começar são bem menores do que um e-commerce tradicional, basicamente você terá o custo da criação e manutenção de uma loja virtual e com anúncios para gerar tráfego para seu comércio digital;
  • Negócio escalável: uma vez que o seu site está no ar, com produtos de fornecedores confiáveis, boas margens de lucro e anúncios que convertem, a tendência é que seus ganhos vão escalando, gerando receita recorrente;
  • Alta variedade de produtos: por se tratar de um negócio sem estoque, você pode testar diferentes produtos, sem limitação financeira ou de espaço;
  • Desenvolvimento de marca própria: diferentemente do marketing de afiliados, no dropshipping você desenvolve uma marca própria onde dita as regras e controla o que será vendido e por quanto ;
  • Controle da margem de lucro: outro fator que pesa na hora de escolher entre dropshipping ou afiliado é a margem de lucro, enquanto o segundo tem o percentual definido pelo dono do link de afiliado, no dropshipping esse controle é todo seu.

Desvantagens

  • Mais preocupações na gestão do negócio: se por um lado o controle da margem de lucro é definido por você, a responsabilidade de gerir os pagamentos e entregas de produtos também são suas, diferente do marketing de afiliados onde seu objetivo é de apenas fazerem as pessoas comprarem pelo seu link, deixando toda a gestão para a empresa parceira;
  • Gerenciamento de suporte ao cliente: outra preocupação do que não existe no marketing de afiliados é o suporte e atendimento ao cliente, no dropshipping, por mais que você não tenha estoque o cliente ainda é seu e toda a responsabilidade do atendimento também;
  • Falta de controle sobre entrega: a praticidade de trabalhar sem estoque e sem preocupação na entrega tem um lado negativo, uma vez que esse processo atrase não tem muito o que o empreendedor fazer para remediar uma vez que quem faz tudo é o fornecedor. Exatamente por isso é fundamental fazer uma escolha criteriosa de fornecedores confiáveis para dropshipping.

O que é o marketing de afiliados?

O marketing de afiliados é um modelo de negócios que funciona da seguinte forma: você promove os produtos de outras lojas com o objetivo de ganhar comissões em cima das vendas que vêm a partir de seus links.

 

Ao contrário do dropshipping, no qual você precisa ter um ecommerce para vender produtos, o marketing de afiliados já possui uma loja virtual por trás, seu trabalho será apenas o de divulgar o link do produto de outra loja e estimular os consumidores a comprar o produto ou serviço. 

 

Entretanto, não estamos falando de qualquer link. Para começar a faturar como afiliado é preciso se cadastrar no programa de afiliados das empresas que oferecem esse tipo de opção. A partir daí, você terá um link próprio e poderá usá-lo para ganhar dinheiro na internet.

Quais vantagens e desvantagens do marketing de afiliados?

Agora que ficou claro qual a mecânica por trás do chamado marketing de afiliados, vamos ver quais os principais benefícios e pontos fracos dessa modalidade de negócio para que você possa comparar com o tópico anterior.

Vantagens

    • Simples para começar: o marketing de afiliados apresenta ainda menos burocracias para começar do que o dropshipping, em poucos passos é possível sair com seus links;
  • Boa alternativa de renda passiva: como a preocupação é apenas fazer com que as pessoas cliquem e comprem pelo seus links, é possível criar anúncios para gerar tráfego e ficar apenas monitorando a taxa de cliques e conversão;
  • Sem preocupação com suporte ao cliente: diferentemente do dropshipping, no marketing de afiliados os clientes não são sua responsabilidade, logo o atendimento a eles é feito pelo e-commerce por trás do programa de afiliados;
  • Nenhum custo inicial: se o dropshipping possui um custo com a criação e manutenção de um e-commerce, no marketing de afiliados é possível divulgar seus links em qualquer lugar. É claro que ao investir em anúncios, você amplia suas possibilidades de atração, entretanto, esse tipo de negócio também está muito ligado a capacidade de produção de conteúdo e de gerar engajamento do afiliado.

Desvantagens

  • Ganhos por meio de comissão: essa é uma vantagem e desvantagem. A praticidade do marketing de afiliados tem seu preço, como você não tem nenhum envolvimento na produção e entrega dos produtos, seus ganhos são divididos e você ganha apenas percentuais de venda;
  • Dificuldade para divulgar os links em algumas plataformas: algumas plataformas como Google e Facebook Ads estão cada dia mais restringindo os anúncios de links de afiliados o que dificulta a divulgação dos mesmos;
  • Validade do link à mercê do produtor: os links gerados pelos produtores podem ser alterados ou expirar sem aviso prévio, por isso, é preciso estar sempre atento para não divulgar um link que esteja quebrado.

Qual melhor modalidade de negócio para começar? Dropshipping ou afiliados?

Após entender como cada um funciona e ver todos os prós e contras de cada modalidade, qual deles é o melhor para começar e qual é mais lucrativo? Dropshipping ou afiliados?

 

Embora o marketing de afiliados seja uma modalidade mais simples e descomplicada para quem está começando e não quer lidar com suporte ao cliente, por exemplo, o dropshipping ainda oferece mais perspectivas de receita.

 

Nessa disputa entre dropshipping ou afiliados, de fato o primeiro se destaca uma vez que é possível gerar uma receita mais consistente, imediata e com potencial para alcançar patamares que dificilmente os links de afiliados irão proporcionar.

 

E aí, já sabe qual ramo escolher? Dropshipping ou afiliado? Qual deles é o melhor na sua opinião? Independente da resposta, boa sorte e ótimas vendas!

 

Este artigo foi escrito pela Apps Ecommerce, desenvolvedora de aplicativos para Shopify como Parcelamento Installments, Boleto Recovery e Shoplinks. 

 

Comentários

Salvar