Se você já investe no mercado de ações ou pensa em começar a aplicar o seu dinheiro em renda variável e adquirir ações de empresas listadas na Bolsa de Valores, é fundamental que avalie o resultado EBITDA da empresa em que  quer investir. Trata-se de um indicador financeiro que mostra o desempenho da empresa em

Se você já investe no mercado de ações ou pensa em começar a aplicar o seu dinheiro em renda variável e adquirir ações de empresas listadas na Bolsa de Valores, é fundamental que avalie o resultado EBITDA da empresa em que  quer investir.

Trata-se de um indicador financeiro que mostra o desempenho da empresa em gerar ganhos considerando apenas a sua atividade principal.

Para entender melhor sobre o que é EBITDA, convidamos você a continuar com a leitura deste conteúdo que explica tudo o que você precisa saber.

Nas próximas linhas, você confere para que serve, qual a importância e como calcular o EBITDA e tomar decisões de investimento mais acertadas.

EBITDA: o que é?

EBITDA é a sigla para Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization. Em português, isso significa Lucros Antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização – ou LAJIDA.

Podemos definir o que é EBITDA como um indicador que mensura os resultados financeiros de uma organização sem descontar os fatores citados anteriormente – juros, impostos, depreciação e amortização.

Ou seja, o EBITDA se refere à capacidade da empresa de obter ganhos considerando apenas as suas atividades fins. Esse indicador ajuda a compreender a eficiência operacional da empresa e mostra o seu potencial para gerar caixa.

O EBITDA exclui todas as despesas que não estejam diretamente relacionadas ao core business.

Esse indicador também não considera os ganhos obtidos por meio de investimentos e aplicações financeiras que a empresa tenha feito durante o período de análise.

O que é a margem Ebitda?

A margem EBITDA é muito utilizada por empresas de pequeno porte para medir o potencial dessas empresas na geração de caixa. O cálculo é feito dividindo o resultado EBITDA pela receita do período.

Qual a importância de acompanhar a margem EBITDA?

É muito importante que você, que investe (ou deseja investir)  no mercado de ações acompanhe o indicador EBITDA das empresas das quais pretende comprar ações.

Isso porque o EBITDA mostra se a empresa tem sido capaz de fazer dinheiro com as suas atividades principais.

Ao medir o potencial de uma empresa em gerar caixa, você consegue identificar aquelas que apresentam operações mais eficientes, desconsiderando o impacto de fatores externos, como as altas taxas de juros e a elevada carga tributária.

Esse indicador é importante também para que  você possa fazer comparações com outras empresas do mesmo segmento e escolher aquelas mais promissoras e capazes de gerar bons ganhos no futuro.

Além disso, o EBITDA permite também identificar empresas endividadas com grande potencial de lucratividade, pois o cálculo é feito antes da incidência de juros, impostos, depreciação e amortização.

Contabilidade é um mistério para você? Uma contabilidade online pode ajudar, veja do que se trata neste post: O que é contabilidade online? Descubra como esse formato funciona na prática e as vantagens que ele tem a oferecer para a sua empresa 

EBITDA: Como calcular esse indicador?

Quem é investidor precisa saber como calcular o EBITDA das empresas nas quais ele quer investir. E quem faz a gestão de um negócio precisa dominar essa técnica para poder controlar as finanças da empresa.

Essa é uma prática considerada indispensável para que se consiga fazer boas escolhas de aporte ou tomar decisões no negócio..

O cálculo do indicador EBITDA é bem simples. Basta que você aplique a seguinte fórmula:

  • EBITDA = Lucro operacional líquido + Juros + Impostos + Depreciação + Amortização

Na prática, a primeira coisa que você precisa saber é qual foi o lucro operacional líquido da empresa durante o período analisado.

Essa importante variável da fórmula EBITDA se refere à receita que a empresa obteve após subtrair os custos necessários para financiar suas operações.

Para calcular o lucro operacional líquido, utilize a fórmula abaixo:

  • Lucro operacional líquido = Receita líquida de vendas – custos dos produtos vendidos – despesas operacionais

Calma! Este vídeo do Instituto Montanari explica direitinho como fazer esses cálculos, confira:

Hum… esse monte de nomes difíceis e fórmulas não são exatamente o seu forte? Ou você até entende disso, mas precisa delegar ou terceirizar, para focar na gestão do negócio? Temos a solução: Você conhece alguma fintech para PJ? Apresentamos 14 opções para ajudar nas suas finanças

Quais aspectos não são considerados ao calcular o EBITDA?

Como você pôde observar nas fórmulas que acabamos de citar, existem algumas variáveis que são imprescindíveis para o cálculo do indicador EBITDA.

Por outro lado, você deve ter sentido falta de algumas outras que costumam ser levadas em consideração durante as análises financeiras de uma empresa, como é o caso do rendimento dos investimentos da empresa e os juros de empréstimos contratados.

E existe um porquê de esses fatores ficarem de fora do cálculo EBITDA. Essa ausência ocorre devido ao fato de que o objetivo do EBITDA é avaliar a operação propriamente dita e a capacidade que ela por si só tem de gerar ganhos para a empresa.

Uma empresa cujas atividades principais não têm sido capazes de gerar ganhos significativos podem acabar “camuflando” esse desempenho operacional ao considerar as taxas de juros pagas sobre seus investimentos e os empréstimos feitos durante o período de análise.

Portanto, mais do que lucro final da empresa, o que você  quer e precisa saber antes de investir em tal empresa é se suas operações são realmente eficientes e produtivas e se apresentam potencial para sustentar esses bons resultados a longo prazo.

E então, ficou claro  o que é EBITDA e como calculá-lo? Antes de investir no mercado de ações e se tornar o acionista de uma empresa, não deixe de se atentar ao resultado deste importante indicador.

Existem diversos outros indicadores de desempenho financeiro, conheça alguns deles neste vídeo da Siteware: 

Aproveite e veja mais dicas de apps para ajudar no gerenciamento das finanças de sua empresa: Facilite a gestão dos seus negócios: 7 aplicativos financeiros para empresas

Comentários

Salvar