Kit elétrico para carros: conheça os planos da GM que vão possibilitar a conversão de qualquer carro e outros tipos de veículos em elétricos.

Boa notícia para quem deseja rodar por aí sobre quatro rodas, silenciosa e ecologicamente,  sem ter que desembolsar uma fortuna num carro elétrico de fábrica. Vem aí o kit conversão para carros elétricos da GM.

A GM decidiu investir pesado na eletrificação de veículos e desenvolveu um kit elétrico para carros: um sistema de componentes capaz de transformar qualquer automóvel com motor de combustão interna em veículos de propulsão elétrica.

A nova tecnologia, com lançamento ainda esperado para 2022, é uma aposta da gigante automotiva para levar soluções sustentáveis de mobilidade para uma realidade que demanda cada vez mais transformação digital e elétrica.

Quer saber mais? Então, siga a leitura e descubra como a expansão elétrica da GM e as opções de kit conversão em carro elétrico podem ser uma alternativa promissora para tornar os veículos do futuro cada vez mais acessíveis.

Como a GM planeja expandir o uso do kit elétrico para carros?

Era da eletrificação. Foi esse o nome usado pela GM, ao anunciar, no final de 2021, a expansão da tecnologia em veículos elétricos para além dos já existentes em seu portfólio de produtos, que conta com modelos híbridos e 100% movidos à energia elétrica.

Atenta às necessidades e ao comportamento de consumo de seus clientes, a GM pretende incentivá-los a buscar tecnologias mais limpas enquanto atende às suas próprias metas de sustentabilidade.

De olho nesse mercado em crescimento, a criação do kit elétrico para carros vem junto do slogan “Everybody In” (Todo mundo dentro), que mostra a intenção de disponibilizar os recursos do sistema de eletrificação não apenas para seus novos carros, mas também para os antigos, bem como outros tipos de veículos.

Até 2030, a montadora pretende investir cerca de US$ 20 bilhões em quatro áreas distintas:

  • Desempenho e mercado de reposição de peças da Chevrolet: fornecimento de componentes elétricos para o mercado de reposição automotivo. Alguns dos veículos que já foram convertidos com o kit elétrico para carros são a picape E-10, K-5 Blazer-E, eCOPO Camaro e um El Camino 1972.
  • GM Soluções Elétricas: disponibilização e introdução de kits de componentes elétricos para seus atuais segmentos de veículos on-highway (de estrada, como caminhões e ônibus) e off-highway (utilizados na agricultura e construção), industriais e embarcações.
  • Veículos de suporte terrestre: fornecimento de componentes elétricos para TUGs (veículos de suporte terrestre, como os carros de transporte de bagagens nos aeroportos e aquelas escadas que usamos para entrar e sair dos aviões, por exemplo).
  • Propulsão Marítima: investimento na empresa de embarcações elétricas Pure Watercraft, ampliando a disponibilização de tecnologia de eletrificação para além de seu segmento GM Marine.

Leia também: Conheça as vantagens do growth marketing.

Por que eletrificar veículos movidos à combustão?

Ok, kit carro elétrico não é nenhuma novidade. Não é de hoje que entusiastas da mobilidade elétrica procuram as opções existentes no mercado para dirigir sem precisar se preocupar com consumo de combustível — olha o preço da gasolina! —, nem com emissão de poluentes ou barulho.

A inovação da GM está em tornar essa tecnologia amplamente acessível. A proposta do kit carro elétrico não é trazer para o mercado apenas um motor elétrico universal para carros, mas, como vimos, todo um conjunto de componentes para a conversão.

Além disso, diversos segmentos da indústria automotiva podem se beneficiar ao implementar a eletrificação em suas frotas. Especialmente no que diz respeito às metas de sustentabilidade, já que esta é uma tecnologia de emissão zero (não produz gases de efeito estufa).

No vídeo abaixo, você vai entender melhor a evolução dos carros elétricos e por que eles são a aposta das montadoras para soluções em transporte e mobilidade.

 

Agora, para quem tem vontade de rodar por aí com um motor eletrificado, e a sustentabilidade não é argumento suficiente para pensar com carinho num kit elétrico para carros, talvez ficar por dentro de outras vantagens te ofereça outra perspectiva sobre o assunto.

Confira, então, se vale a pena investir em um kit conversão para carro elétrico.

Vale a pena instalar um kit carro elétrico?

Carros elétricos de fábrica são caros. Mesmo que o segmento venha apresentando um crescimento nas vendas, hoje, no Brasil, o mais barato entre os modelos disponíveis não sai por menos de R$140 mil, de acordo com a coluna InsideEvs.

No mercado brasileiro, as opções de kit carro elétrico custam entre R$7 mil e R$60 mil, a depender dos componentes e do modelo do carro.

Apesar de ainda não ter seus valores divulgados, a expectativa é de que o kit elétrico para carros da GM chegue com preços competitivos.

Veja então as vantagens de converter carros convencionais para usufruir de carros elétricos.

  • Menor preço: instalar um kit elétrico para carros é mais barato do que comprar um carro elétrico de fábrica;
  • Menos poluentes: carros elétricos não dependem da queima de combustíveis;
  • Mais silenciosos: não tem sistema de escape como os carros convencionais;
  • Fácil manutenção: além de o desgaste de peças ser menor, o kit carro elétrico não tem filtros de óleo, correias e outros componentes de um motor à combustão;
  • Maior eficiência energética: carros elétricos são mais eficientes que carros movidos à combustão, que tem muita perda em forma de calor.
  • Menor custo por quilômetro rodado: carros mais eficientes tem custo reduzido por quilômetro rodado;
  • Melhor desempenho: a energia é entregue direto às rodas instantaneamente, no momento que o condutor pisa no acelerador.

Outra opção para quem quer aproveitar as vantagens de um carro elétrico, mas prefere ter uma carta na manga e contar com a facilidade de abastecimento nos postos de combustíveis, é apostar num kit carro híbrido, que também custa menos que os híbridos de fábrica.

O que diz a legislação brasileira de trânsito?

Segundo o Art. 98 do Código de Trânsito Brasileiro, ”nenhum proprietário ou responsável poderá, sem prévia autorização da autoridade competente, fazer ou ordenar que sejam feitas no veículo modificações de suas características de fábrica”.

Ainda, a Resolução CONTRAN (Conselho Nacional de Trânsito) nº 916/2022, em seu art. 4º, dispõe que, para a realização de modificação em veículo já registrado, exige-se:

I – autorização prévia do DETRAN;

II – emissão do CAT (Certificado de Adequação à Legislação de Trânsito), também junto ao DETRAN;

III – realização de inspeção de segurança veicular para emissão do CSV (Certificado de Segurança Veicular), expedido por instituição técnica licenciada.

Antes de instalar um kit elétrico para carros, vale ficar atento também à Resolução CONTRAN 749/2018, que trata dos requisitos específicos para veículos elétricos e híbridos.

Kit elétrico para carros: de olho no futuro

Agora você já sabe: a eletromobilidade é tendência mundial e não deve demorar muito para que os carros convencionais sejam substituídos pelos elétricos. Já existe até projeto de lei nacional com esse objetivo.

Então se o seu desejo for se preparar para o que vem por aí, a utilização do kit elétrico para carros pode, sim, colocar os seus pés no futuro dos meios de transporte.

E, se você quer saber mais sobre tecnologia e seu uso no dia a dia, confira mais do nosso conteúdo sobre transformação digital e fique por dentro das novidades.

Comentários

Salvar