Você deseja ter uma moto, mas não possui dinheiro para realizar a compra? O financiamento de moto pode ser uma opção para atingir sua meta. 

Conseguir a moto dos sonhos pode ser o ideal para quem deseja utilizar no dia a dia ou até mesmo como ferramenta de trabalho, como é o caso de serviços de entrega e transporte alternativo.

Porém, apesar do financiamento ser um método popular, é preciso entender como ele funciona para realizar as melhores escolhas.

Para te ajudar, separamos tudo o que você precisa saber antes de dar início ao seu financiamento de moto. Confira!

O que é um financiamento de moto?

O financiamento é um tipo de empréstimo oferecido por instituições financeiras para quem deseja adquirir um bem específico, mas não possui o valor total necessário para comprar à vista.

Ele é muito utilizado para quem deseja comprar sua casa própria ou ter um automóvel. 

Da mesma forma, o indivíduo que deseja ter uma motocicleta pode buscar financiamento de moto.

Este financiamento funciona da seguinte maneira: o comprador solicita um empréstimo para a compra da moto e concorda em pagar uma certa quantia de dinheiro periodicamente ao longo de um período de tempo acordado, mais os juros sobre o valor emprestado.

Assim, ele adquire o bem desejado primeiro e posteriormente paga as parcelas diretamente à instituição financeira que concedeu o crédito.

É importante ressaltar que, ao comprar sua moto, o lojista recebe o pagamento à vista da instituição financeira. 

Por consequência, esse bem adquirido por meio do financiamento fica vinculado ao contrato.

Com isso, o próprio bem é utilizado como garantia de que o pagamento será efetuado corretamente. 

E, caso as parcelas não sejam pagas, a instituição financeira tem o direito de retomar a moto.

Santander Select financiamentos

O Santander possui uma longa experiência no mercado de financiamentos e com isso, oferece diversas oportunidades.

Além disso, sendo cliente Santander Select, é possível ter acesso a condições especiais e um atendimento diferenciado com o banco.

Santander Select

Cliente Select tem acesso a condições especiais de financiamentos.

Cliente Select tem acesso a condições especiais de financiamentos.

URL verificada

Como iniciar um financiamento de moto?

O primeiro passo antes de realizar o financiamento é decidir qual moto deseja comprar, para que atenda suas necessidades, mas também para verificar o preço. 

Também é interessante realizar simulações de financiamento em diferentes instituições financeiras.

Assim, você pode avaliar as condições oferecidas como taxa de juros, prazo de pagamento e valor das parcelas.

Depois de escolher a instituição financeira com a melhor oferta, você deverá preencher uma solicitação de financiamento. 

Para isso, é necessário apresentar documentos pessoais como comprovante de renda e outras informações solicitadas pela instituição.

Com isso, a instituição financeira analisará sua solicitação e realizará uma avaliação de crédito para determinar se você é elegível para o financiamento e em qual condição.

Se sua solicitação for aprovada, você receberá uma proposta de contrato com os detalhes do financiamento, incluindo taxa de juros, prazo de pagamento e valor das parcelas. 

E, após a assinatura do contrato, o valor do financiamento será desembolsado pela instituição financeira diretamente ao vendedor da moto. 

O consumidor se torna proprietário integral da moto depois do pagamento de todas as parcelas, quando o financiamento for quitado. 

VEJA TAMBÉM: Santander Select Crédito: conheça as soluções para clientes alta renda

Quais são os benefícios e as desvantagens de um financiamento de moto?

O benefício principal do financiamento da moto é que você consegue adquirir esse bem imediatamente, apesar de não ter o valor necessário. 

Além disso, como o valor total é dividido em parcelas, o pagamento se torna mais acessível. 

E o pagamento pontual dessas parcelas do financiamento pode contribuir para a construção de um histórico de crédito positivo, o que pode ser útil para transações financeiras futuras.

Outra vantagem é que você pode utilizar esse bem para gerar dinheiro, o que ajudará a pagar o próprio valor da moto. Por exemplo, ao realizar serviços de entrega em aplicativos ou realizar transporte de passageiros.

Mas também é preciso estar ciente das desvantagens. Uma delas é que, por possuir juros aplicados sobre o valor financiado, o custo total é maior que o valor à vista. 

Além disso, é preciso ter comprometimento com o pagamento das parcelas. É necessário avaliar se isso pode representar um peso no seu orçamento. 

Outro ponto a ser considerado é o risco de inadimplência. Afinal, se o comprador não conseguir pagar as parcelas do financiamento, há chances de perder a moto, já que o veículo é utilizado como garantia do empréstimo.

VEJA TAMBÉM: Empréstimo com garantia de investimento Santander: entenda como funciona