Você tem ideia sobre o que é trade off? Esse é mais um termo em inglês que, a princípio, pode parecer se tratar de algo muito complexo e difícil de entender. Mas fica tranquilo, pois o conceito de trade off é  mais simples do que você imagina. Na verdade, vemos exemplos de trade off a

Você tem ideia sobre o que é trade off?

Esse é mais um termo em inglês que, a princípio, pode parecer se tratar de algo muito complexo e difícil de entender.

Mas fica tranquilo, pois o conceito de trade off é  mais simples do que você imagina. Na verdade, vemos exemplos de trade off a todo momento no nosso dia a dia e também em decisões da nossa macroeconômicas do nosso País.

Neste artigo, vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre o que é trade off e como ele se aplica na economia e nas suas decisões de investimento.

Separamos também alguns exemplos de trade off que podem ser observados em diferentes situações:

  1. Consumo presente <> Consumo futuro;
  2. Inflação <> Juros;
  3. Trabalho <> Lazer.

O que é trade off?

O trade off é um termo em inglês que, traduzido livremente, significa “troca”. Trata-se de um conceito utilizado na economia para se referir às escolhas que são feitas em detrimento de outras.

No trade off, deixa-se de lado uma opção em troca de outra. Ele se caracteriza por situações nas quais se observa certo nível de conflito nas escolhas.

Mais do que simplesmente escolher A em vez de B, no trade off a decisão por A pode trazer consequências ruins que B provavelmente não traria.

Mais à frente vamos listar alguns exemplos de trade off. Mas, para facilitar a sua compreensão sobre o que é trade off neste tópico, imagine a seguinte situação.

Você tem 200 reais que sobraram do seu salário e cogita duas opções: gastar tudo em roupas ou aplicar o dinheiro no Tesouro Direto.

Você, então, decide investir em vez de gastar. Ou seja, para conseguir os rendimentos prometidos no título público, você preferiu abrir mão da liquidez dos 200 reais que serviria para adquirir certos bens materiais.

Você até precisava de umas roupas novas, mas preferiu continuar com as que você já tem por mais um mês para aplicar em um título que estava pagando uma boa taxade juros.

Este vídeo da Lara Mattos, da Oficina de Gestão, traz mais esclarecimentos sobre trade-off:

Como funciona o trade off?

Com o exemplo caricato que demos no tópico anterior já deu para ter uma noção sobre como funciona o trade off. Basicamente, abre-se mão de algo durante um processo de escolha.

Esse “algo” é conhecido como custo de oportunidade. Na prática, isso se refere ao melhor cenário do qual você abdica para se manter firme à escolha feita.

Quando você decide fazer hora extra na sua empresa, o custo de oportunidade seria o que de melhor você poderia estar fazendo com essa hora extra que não fosse trabalhar; é a opção que você deixa de lado.

Por exemplo, chegar em casa mais cedo e passar mais tempo com os filhos, dormir, assistir um episódio da sua série favorita, encontrar os amigos; tudo isso são coisas das quais você pode estar abrindo mão para cumprir a hora extra.

Ou seja, você está fazendo uma escolha (hora extra) em detrimento de outra (descansar). Temos, então, um trade off.

Leia também: Repense seus investimentos! Descubra o que é Trademap

Exemplos de trade off na economia do Brasil

Existem vários exemplos de trade off que podem ser observados no Brasil. Basicamente, esses exemplos podem ser divididos em três tipos:

  • Consumo presente <> Consumo futuro
  • Inflação <> Juros
  • Consumo <> Lazer

1 – Consumo presente <> Consumo futuro

Nesse exemplo de trade off, o que se observa é a preferência por um consumo futuro em detrimento do consumo agora.

É muito comum observar essa troca quando o assunto é investimento e aplicação financeira.

Ao comprar uma ação ou um título de renda fixa, você abre mão da possibilidade de usar esse dinheiro para adquirir algo hoje e opta por usufruir dessa quantia no futuro.

Esse trade off só é feito porque, lá na frente, ela receberá uma recompensa (juros) por ter abdicado da liquidez do seu dinheiro por um período específico.

Leia mais: Como o Comportamento do Consumidor pode ajudar sua empresa?

2 – Inflação <> Juros

Esse é um tipo de trade off muito comum na nossa economia. Aumentar a taxa básica de juros (Selic) é uma manobra utilizada pelo Banco Central para frear o aumento dos preços e a perda do poder de compra das famílias (inflação)

Porém, ao aumentar a Selic, o acesso ao crédito se torna mais caro, o que tende a desincentivar o consumo e diminuir a comercialização de produtos e serviços.

Por esse tipo de trade off a nível macroeconômico ser bastante delicado e bem mais complexo do que essa explicação reducionista, periodicamente o Comitê de Política Monetária do Banco Central se reúne para decidir se aumenta, diminui ou mantém a taxa básica de juros para manter a inflação sob controle.

Saiba mais: Como não perder dinheiro com a alta inflação do Brasil?

Trabalho <> Lazer

Da macro para a microeconomia, outro exemplo bastante comum de trade off no nosso dia a dia é quando trocamos o lazer pelo trabalho.

Em vários momentos da vida precisamos abrir mão do lazer e de algumas horas de diversão para nos dedicarmos às nossas atividades laborais.

Bom, ficou claro para você o que é trade off? Entender esse conceito é muito importante, especialmente para quem investe e procura por maneiras de economizar.

Este post também pode ajudar você a fazer suas escolhas: O que é gestão financeira pessoal e as 5 melhores dicas de como fazer uma eficiente!

Comentários

Salvar