O mercado financeiro conta com, pelo menos, três perfis de investidores. Eles são identificados conforme as suas metas e capacidade de lidar com os riscos e situações. Um deles é o perfil conservador.

Entender as características e como esse investidor atua é importante para você encontrar as melhores opções de títulos e ativos.

Dessa forma, você vai poder investir de acordo com a sua realidade e necessidade para aquele momento.

Caso você esteja interessado em saber se o seu perfil é mais conservador, separamos alguns detalhes neste artigo para você conhecer esse investidor.

VEJA TAMBÉM: Quais os melhores investimentos para iniciantes? Confira 4 opções para começar!

O que é um investidor conservador?

O lema do investidor conservador é sempre “segurança acima de tudo”, portanto, ele não costuma lidar bem com as oscilações e prefere viver uma vida com baixo risco.

Geralmente, este tipo de investidor pode ser aquele iniciante, que tem pouca experiência no mercado e ainda não se acha apto a arriscar. 

Além disso, não tem um patrimônio robusto que lhe dê tamanha garantia.

Com isso, ele sempre opta em preservar o seu patrimônio, independentemente de quais sejam as condições.

No mercado financeiro, há três perfis: o conservador, moderado e arrojado.

Para você entender melhor, o conservador é praticamente o oposto do arrojado. Enquanto o arrojado se expõe aos riscos, o primeiro é bem mais cauteloso.

O investidor conservador ainda está em busca pela estabilidade financeira, por isso a sua preferência é sempre pela segurança.

Quais são as características do investidor conservador?

Ficou com dúvidas e quer identificar se o seu perfil se encaixa com o de um investidor conservador? Quer saber como ele se comporta no mercado financeiro? 

Para te ajudar, confira a seguir algumas características comuns entre eles.

Prioriza o baixo risco

Como você pôde ver, o investidor com perfil conservador vai sempre pensar no seu capital e em protegê-lo. 

Por isso, sempre estará em busca de opções que lhe ofereçam o menor risco possível.

Essa decisão é independentemente do retorno, mesmo que menos expressivo, ele sempre prioriza a segurança do seu dinheiro para não ter prejuízos maiores no futuro.

Pouca tolerância para oscilações

Um perfil que está propício aos riscos, como é o arrojado, sabe que o mercado sempre oscila e isso é comum para a sua rotina. 

Já o conservador, ele tem baixa tolerância para oscilações e por isso não opta em arriscar tanto.

Ele não quer comprometer o seu capital e também não tem um emocional preparado para lidar com essas situações, em que o seu dinheiro pode ir todo (ou quase todo) embora.

Procura por investimentos de baixa volatilidade

Este tipo de investidor está sempre na procura por ativos que apresentam baixa volatilidade, como é o caso dos títulos de Renda Fixa.

No final, os retornos costumam ser bem mais previsíveis e com menor flutuação de valor. Mas ele prefere a garantia ao risco.

Quais são os principais investimentos para conservadores?

Quer saber quais são as principais opções de investimentos que são escolhidas por um investidor com perfil conservador? Veja a seguir:

  • Renda Fixa;
  • LCI/LCA (Letras de Crédito Imobiliário / do Agronegócio);
  • Tesouro Direto;
  • Fundos Imobiliários (FIIs);
  • ETFs;
  • Fundo Multimercado;
  • Fundos de Ações;
  • BDRs;
  • Poupança;
  • Debêntures;
  • Ações.

Santander Select: invista com ajuda personalizada

Santander Select

Cliente Santander Select possui diversos benefícios especiais.

Cliente Santander Select possui diversos benefícios especiais.

URL verificada

Para quem busca entender mais sobre investimentos, seja para investimentos conservadores, moderados ou mesmo arrojados, mas ainda contar com a solidez de um banco centenário, tornar-se um cliente Santander Select é uma das melhores opções do mercado.

A conta Select do banco Santander oferece aos seus clientes uma assessoria financeira especializada, com condições diferenciadas em produtos de investimentos.

Essa conta oferece diversas vantagens, como acesso a salas VIPs, facilidade de aprovação em cartões de alta renda, seguros, financiamentos, atendimento personalizado e assessoria especializada para seus investimentos.

Para ter acesso a ela, é preciso:

  • Ter R$ 30.000,00 investidos no Santander e uma renda mensal de R$ 10.000,00
  • Ter no mínimo R$ 150.000,00 em investimentos elegíveis
  • Ser médico

VEJA TAMBÉM: Quanto rende R$100 mil no Tesouro Direto? Descubra! || Qual o melhor investimento no banco Santander