O Meu Banco, NextJoy, Tindin e Blu by BS2: aplicativos para educação financeira para crianças com gamificação, desafios e conteúdo relevante.

Quem não queria ter aprendido a lidar melhor com o dinheiro enquanto ainda era bem novo? A verdade é que, até pouco tempo, não se falava muito sobre educação financeira para crianças, mas as coisas mudaram. Que bom!

Quanto antes elas aprendem a cuidar e a valorizar o próprio dinheiro, mais chances têm de se tornar adultos responsáveis financeiramente. Assim, serão capazes de equilibrar os gastos atuais e investimentos futuros. 

Uma aliada importante na busca por esse objetivo é a tecnologia, aproveitando a atração que crianças e adolescentes têm por ela. 

Unir a necessidade de controle da conta mesada com o uso do smartphone pode aumentar as chances dos pequenos se interessarem mais pelo assunto. 

Além disso, se você escolher entre os melhores aplicativos de educação financeira para crianças, poderá contar com um apoio extra dos recursos de gamificação para atrair a atenção. 

Unir brincadeira e aprendizado pode ser uma boa combinação, não acha?

Melhores aplicativos para educação financeira para crianças

Para te ajudar na missão de explicar a função do dinheiro e contribuir para uma relação saudável no futuro, organizamos uma lista de aplicativos para educação financeira para crianças:

  1. O Meu Banco
  2. NextJoy
  3. Tindin
  4. Blu by BS2

A seguir, descubra como essas soluções tecnológicas trazem um novo olhar sobre o dinheiro para crianças.

1. O Meu Banco

O app “O Meu Banco” é gratuito e compatível com o sistema operacional iOS.

Bastante simples e com recursos básicos, está longe de ser a opção mais completa dessa lista. Mas está aqui, justamente, por não custar nada aos pais e permitir que os primeiros passos da educação financeira para crianças sejam dados.

A ferramenta possibilita a gestão da mesada, a partir da criação de um banco fictício, em que as informações são atualizadas manualmente.

Ou seja, a mesada foi entregue? O valor deve ser inserido. Um gasto aconteceu? A criança precisa atualizar essa informação.

Dessa forma, o controle de receitas e gastos começa a ser aprendido desde pequeno.

Na dinâmica do aplicativo, os pais devem definir o valor da mesada e estabelecer as regras para que as crianças tenham acesso ao montante total no final do mês. 

Entre essas regras, podem ser incluídos compromissos como boas notas e cumprimento das atividades de casa, por exemplo, arrumar a cama e lavar a louça.

A cada gasto, a criança precisa informar no sistema o valor e o motivo.

Os responsáveis podem instalar o aplicativo em seus smartphones e acessar a conta usada pela criança. Eles possuem uma senha própria e conseguem acessar todas as informações.

2. NextJoy

Mais uma opção gratuita da nossa lista, o NextJoy pode ser instalado em smartphones Android e iOS

É uma solução de conta mesada criada pelo Banco Next e funciona apenas para quem é  correntista da instituição financeira.

Não há tarifas associadas e é possível disponibilizar um cartão de débito em nome da criança. As transações entre as contas dos responsáveis e dos dependentes são ilimitadas.

Além do sistema de atualização de recebimentos e gastos, a ferramenta oferece conteúdos de educação financeira para crianças, com atividades para diferentes faixas etárias.

Os pais podem criar desafios e metas que geram recompensas e, assim, estimulam os pequenos a se envolver ainda mais com o controle financeiro.

Leia também: qual o melhor banco digital para investir na atualidade?

3. Tindin

Com compatibilidade para Android e iOS, o Tindin é um app gratuito, com recursos e pacotes pagos (a mensalidade é de R$ 7,90 por mês). 

O sistema é um aplicativo completo, contando com recursos avançados, como a carteira digital

Por meio de jogos e desafios, a criança desenvolve-se em quatro áreas:

  • conquistar; 
  • poupar; 
  • consumir;
  • investir. 

É indicado que os responsáveis definam uma mesada base e estabeleçam um teto de bonificação. Esse bônus será disponibilizado de acordo com o avanço em direção às metas estabelecidas.

Os objetivos, geralmente, estão atrelados aos comportamentos premiados pelos tutores, como boas notas na escola e apoio na execução de tarefas domésticas. Quem define o que vale ponto (e o bônus financeiro) são os pais. 

Em paralelo, existe uma área para que as crianças criem o planejamento financeiro na busca por seus objetivos e desejos. 

No caso, o app fica vinculado ao celular da criança e dos responsáveis.

4. Blu by BS2

O último app de investimento para crianças desta lista foi criado por um banco digital, dessa vez o BS2. 

A instalação é gratuita com assinaturas pagas (a partir de R$ 7,90 por mês) e há a compatibilidade para acesso por Android e iOS.

Uma boa notícia é que o sistema pode ser usado por quem não é cliente do banco.

Assim como as demais opções da lista, o Blu by BS2 usa a gamificação para contribuir com a educação financeira para crianças. Nas práticas propostas dentro do sistema, elas são desafiadas a:

  • ganhar dinheiro; 
  • planejar gastos;
  • fazer reservas.

Cada desafio cumprido rende medalhas, que podem gerar outros tipos de prêmios.

O sistema permite transferências por correntistas de qualquer instituição. Adicionalmente,  dispõe de outras funções, como:

  • conta digital gratuita com Pix ilimitado;
  • notificações instantâneas das transações realizadas pelos dependentes;
  • extrato detalhado de cada dependente;
  • depósitos, pagamentos e transferências ilimitadas;
  • programação de mesada;
  • cartão pré-pago Mastercard (no plano familiar).

Sem dúvida, é uma boa opção para quem deseja um app completo, com integração com contas digitais e atualização em tempo real. 

E aí? Qual foi a opção que você mais curtiu dessa lista de apps focados na educação financeira para crianças?

Lembre-se que ser um bom exemplo também é vital para que seus filhos sigam o caminho certo. Por isso, se você tem problemas para gerenciar as finanças, te convidamos a conhecer o artigo Planilha de controle financeiro pessoal: como criar a sua”. Assim, a saúde financeira de todo mundo fica em dia!

Comentários

Salvar