Você é cliente do Banco Santander e quer começar a sua jornada no universo dos investimentos? Talvez saber como funciona o CDB Santander pode te ajudar!

Essa é uma boa oportunidade para quem está em busca de segurança, liquidez e rentabilidade.

Portanto, se você tem conta no Santander ou usa um dos serviços da instituição, separamos algumas informações importantes sobre esse investimento.

Veja a seguir se vale a pena e como funciona!

Leia também: Descubra 3 formas de como cancelar cartão Santander: veja passo a passo!

O que é o CDB Santander?

O CDB é a sigla que define o investimento chamado Certificado de Depósito Bancário, que são títulos normativos vendidos como uma forma de captar recursos.

Em tese, o CDB Santander funciona como um empréstimo que o investidor faz a um banco. Em troca deste crédito, ele recebe uma remuneração e ela pode ser prefixada ou pós-fixada.

O CDB é um dos investimentos mais comuns do tipo renda fixa.

Isso porque ele permite ao investidor saber o quanto seu dinheiro vai render ou, ainda sim, acompanhar as taxas de juros do mercado.

Ele conta com vários benefícios, mas uma das principais é o fato de contar com a proteção do Fundo Garantidor de Créditos (FGC).

Tipos de CDB do Banco Santander

Se você é cliente Santander, o CDB é mais uma opção de investimento que o banco proporciona para quem busca uma liquidez diária de forma prática.

Essa é uma excelente opção para quem está em busca de um planejamento financeiro de curto e/ou médio prazo. 

Dessa forma, as taxas do CDB são definidas no início do investimento, conforme o prazo e o valor aplicado.

Dos vários benefícios, o principal é o rendimento diário, com chance de realizar resgates a qualquer momento.

No Santander, o cliente tem três opções à disposição:

  • CDB DI;
  • CDB Pré;
  • CDB Progressivo.

CDB DI do Santander

O CDB DI, segundo o Santander, é uma opção de investimento de renda fixa que possui liquidez de forma prática e segura. 

Ele é voltado para correntistas, sejam pessoas físicas ou jurídicas, exceto clientes do segmento Governos e Universidades Públicas.

É um produto com baixo grau de risco. Além disso, o rendimento pode ser orientado por um percentual do CDI.

Vale destacar que a taxa é definida a partir da média das taxas negociadas entre instituições financeiras, tendo a Selic como referência.

CDB Pré

O Santander considera o CDB Pré como sendo o certificado de emissão que possui taxa e rentabilidade previamente definidas na aplicação.

Segundo o banco, esta é uma excelente opção para quem procura um investimento de médio prazo.

A sua rentabilidade também é definida conforme o prazo e o valor aplicado e conta com a proteção do FGC.

O CDB Pré costuma ser indicado para quem não tem problema de deixar o dinheiro investido por todo o período da aplicação, sem precisar realizar resgates até o vencimento. 

Geralmente, esse investidor quer saber o valor do rendimento ao final do investimento.

CDB Progressivo

Já o CDB Progressivo é conhecido por ser um investimento com taxas progressivas. Neste caso, quanto maior o tempo aplicado, maior será a remuneração.

Ele proporciona uma segurança de acordo com um investimento de renda fixa para uma remuneração progressiva. A sua liquidez é diária e quem investe consegue resgatar o valor a qualquer momento.

Esse tipo de CDB está inclusivo com a proteção do FGC. O banco costuma indicá-lo para quem está à  procura de um investimento com rentabilidade a longo prazo, pelo menos três anos. 

Como funciona o CDB Santander

O CDB Santander usa como parâmetro de rentabilidade o CDI, que indica qual será a taxa de juros que irá ser acrescida ao investimento. Por isso, é importante que se saiba quanto é o CDI hoje para ter uma ideia da rentabilidade do CDB.

Além disso, esse é um investimento em que há a incidência de Imposto de Renda sobre o seu ganho. O IR para esse investimento segue uma tabela regressiva baseada no tempo em que o valor ficou investido.

Tempo de investimentoAlíquota
Até 180 dias22,5%
De 181 a 360 dias20%
De 361 a 720 dias17,5%
A partir de 721 dias15%

Ou seja, apesar de os CDBs possuírem liquidez diária, quanto mais tempo o investidor ficar com o título, menos ele será tributado.

Como investir em CDB do Santander?

Para investir em um CDB Santander é muito fácil.

  1. Abra o seu aplicativo;
  2. Clique nos três risquinhos do canto superior direito;
  3. Clique em Investimentos;
  4. Vá no botão vermelho “Investir”;
  5. Encontre a aba do CDB;
  6. Escolha o CDB Santander;
  7. Informe o valor a ser investido;
  8. Clique em Continuar;
  9. Conclua o investimento.

Ao fazer isso, o seu dinheiro já estará rendendo, sendo possível resgatá-lo a qualquer momento.

app santander play store

Vale a pena investir em CDB Santander?

Como já visto, o Certificado de Depósito Bancário é um investimento com boa rentabilidade, seguro e com liquidez diária, o que o torna muito atrativo. 

Com o CDB Santander não é diferente e, caso o investidor queira resgatar o valor em um curto prazo, essa é uma opção interessante de investimento.

Outra vantagem para investidores no Santander é que é possível conseguir uma conta Santander Select, caso possua:

  • R$ 30.000,00 em investimentos e uma renda mínima mensal de R$ 10.000,00
  • R$ 150.000,00 em investimentos, sem precisar comprovar renda.

A conta Santander Select oferece benefícios exclusivos, dentre eles Assessoria Especializada para investidores, além de isenção de tarifas, acessos a salas VIP, atendimento personalizado, entre outros.

Santander Select

Cliente Santander Select conta com uma assessoria especializada para seus investimentos.

Cliente Santander Select conta com uma assessoria especializada para seus investimentos.

URL verificada