Investir em uma carteira de dividendos é uma estratégia comum entre investidores que buscam uma combinação de renda passiva e crescimento do capital.

Esse tipo de investimento se concentra em adquirir ações de empresas que têm o hábito de distribuir regularmente uma parte de seus lucros aos acionistas na forma de dividendos.

A construção de uma carteira de dividendos bem-sucedida envolve a seleção cuidadosa de empresas com sólidos fundamentos financeiros e histórico consistente de pagamentos de dividendos.

Neste artigo, vamos mostrar como você pode montar uma carteira de dividendos, os benefícios dessa estratégia de investimento e os fatores que devem ser considerados ao selecionar empresas para incluir na sua carteira de dividendos.

O que são dividendos?

Dividendos são pagamentos feitos por uma empresa aos seus acionistas como uma parte dos lucros gerados pela empresa.

Eles são distribuídos regularmente, geralmente trimestral, semestralmente ou anualmente, e representam uma forma de recompensar os acionistas pelo investimento feito na empresa.

Existem também as empresas que pagam dividendos mensais, mas são poucas que fazem isso atualmente. Alguns exemplos são Bradesco (BBDC3/BBDC4), Banestes (BEES3) e Itaú (ITUB3/ITUB4). Lembrando que esses ativos não constituem recomendação de compra.

Quais são as vantagens de investir em empresas que pagam dividendos?

Investir em empresas que pagam dividendos pode oferecer várias vantagens. Veja a seguir as principais:

  • Renda passiva: os dividendos proporcionam uma fonte de renda passiva para investidores, opção ideal para pessoas que buscam complementar a renda.
  • Crescimento do capital: empresas que pagam dividendos tendem a ser mais estáveis, o que pode resultar em crescimento de capital ao longo do tempo.
  • Proteção contra a inflação: dividendos muitas vezes aumentam ao longo do tempo, o que pode ajudar a proteger contra os efeitos da inflação, mantendo o poder de compra.
  • Disciplina financeira: empresas que pagam dividendos geralmente têm uma gestão financeira mais disciplinada, o que pode ser um sinal positivo para quem vai investir.

Porém, é importante considerar que esse investimento não é isento de riscos.

Por isso, é essencial fazer uma análise cuidadosa das empresas e de sua capacidade de manter e crescer os pagamentos de dividendos ao longo do tempo.

O que considerar antes de montar uma carteira de dividendos?

Como vimos, investir em ações que pagam dividendos é uma boa chance de aumentar seus ganhos. Contudo, antes de montar uma carteira, é importante considerar alguns pontos, como:

1. Objetivos financeiros

Defina seus objetivos financeiros de longo prazo e determine como os dividendos se encaixam nesses objetivos. Se você está buscando renda passiva, crescimento do capital ou uma combinação dos dois, isso influenciará suas escolhas de investimento.

2. Perfil de risco

Avalie seu perfil de investidor e determine sua tolerância ao risco. As ações que pagam dividendos geralmente são consideradas menos voláteis do que as de crescimento, mas ainda assim carregam riscos de mercado, empresa e setorial.

3. Diversificação

Monte uma carteira diversificada com ações de diferentes setores e regiões geográficas para reduzir o risco específico do mercado ou da empresa. Isso ajuda a proteger sua carteira contra eventos adversos que possam afetar um setor ou região específica.

4. Histórico de dividendos

Analise o histórico de pagamento de dividendos da empresa, incluindo a consistência e o crescimento dos pagamentos ao longo do tempo. Empresas com histórico sólido de dividendos são geralmente mais confiáveis para investir.

5. Payout

Avalie o payout da empresa, que é a proporção dos lucros distribuídos como dividendos. Um payout saudável indica que a empresa está equilibrando o pagamento de dividendos com a retenção de lucros para reinvestir no crescimento do negócio.

6. Fluxo de caixa

Analise o fluxo de caixa da empresa para garantir que ela tenha recursos adequados para sustentar os pagamentos de dividendos no longo prazo, mesmo durante períodos econômicos desafiadores.

7. Crescimento potencial

Considere o potencial de crescimento da empresa, pois um crescimento sustentável dos lucros pode levar a aumentos nos dividendos ao longo do tempo.

Ao considerar esses pontos, você estará melhor preparado para construir uma carteira de dividendos que atenda aos seus objetivos financeiros e tolerância ao risco.

Como montar uma carteira de dividendos?

Agora que você sabe as vantagens dos dividendos e o que considerar antes de montar uma carteira, veja quais passos seguir para montar uma carteira de dividendos voltada para suas metas financeiras.

  • Determine se você está procurando principalmente por renda passiva ou crescimento do capital, ou uma combinação de ambos. Isso ajudará a orientar suas escolhas de investimento.
  • Identifique empresas que têm um histórico sólido de pagamento de dividendos e um potencial de crescimento futuro. Você pode usar ferramentas financeiras online, como sites de análise de ações, para encontrar informações sobre os pagamentos de dividendos, o histórico de desempenho e a saúde financeira das empresas.
  • Procure por empresas com negócios estáveis, com fluxo de caixa consistente e previsível. Setores perenes como energia, bancos, telecomunicações e saúde tendem a oferecer maior estabilidade de dividendos.
  • Outra regra básica é não colocar todos os seus ovos em uma cesta. Diversifique sua carteira de dividendos entre diferentes setores para reduzir o risco específico da empresa e do mercado.
  • Analise os fundamentos financeiros das empresas, incluindo lucros, fluxo de caixa, payout, endividamento, dividend yield e perspectivas de crescimento. Empresas sólidas são mais propensas a manter e aumentar os pagamentos de dividendos ao longo do tempo.
  • Avalie o histórico de pagamento de dividendos da empresa, incluindo a consistência dos pagamentos e o crescimento ao longo do tempo. Empresas com um bom histórico de dividendos são geralmente mais confiáveis para investir.
  • Reavalie sua carteira de dividendos com frequência para garantir que ela continue alinhada com seus objetivos e tolerância ao risco. Faça ajustes conforme necessário com base em mudanças no mercado, na economia e nas condições da empresa.

É válido ressaltar que investir em ações envolve riscos e é importante realizar uma pesquisa completa antes de montar uma carteira de dividendos.

Como montar uma carteira de dividendos com ajuda de especialistas?

Se você ainda tem dúvidas ou gostaria de ajuda profissional para elaborar a carteira de dividendos ideal para o seu perfil, você pode começar se tornando Santander Select.

Ao abrir uma conta Select, você aproveita diversos benefícios, como:

  • Acesso a mais de 850 salas VIP Mastercard e mais de 1.000 salas VIP Visa.
  • Atendimento personalizado e assessoria com especialistas.
  • Chat exclusivo disponível 24h por dia.
  • Isenção de tarifas em transferências internacionais, saques, compra e venda de moedas.
  • Pontuação no programa Esfera ou Membership Rewards (dependendo do cartão).
  • Mais de 200 espaços de atendimento com conforto e privacidade.
  • 50% de redução na anuidade dos cartões de crédito elegíveis.
  • Entre outras inúmeras vantagens.

Para começar a usufruir desses benefícios exclusivos, é só clicar abaixo:

Santander Select

Cliente Santander Select conta com uma assessoria especializada para seus investimentos.

Cliente Santander Select conta com uma assessoria especializada para seus investimentos.

URL verificada