Você já teve dúvidas na hora de decidir quanto cobrar por um treinamento online? Desenvolveu um curso espetacular, mas não soube como precificá-lo? Provavelmente sim, já que determinar um valor justo para um serviço desse porte pode ser um pouco complicado. O mercado de treinamentos online, seja ele corporativo ou não, vem se expandindo cada

Você já teve dúvidas na hora de decidir quanto cobrar por um treinamento online? Desenvolveu um curso espetacular, mas não soube como precificá-lo? Provavelmente sim, já que determinar um valor justo para um serviço desse porte pode ser um pouco complicado.

O mercado de treinamentos online, seja ele corporativo ou não, vem se expandindo cada vez mais. Isso acontece por conta da transformação digital e a difusão de meios que permitem que qualquer um consiga desenvolver o seu curso de qualidade com ajuda de plataformas de hospedagem online.

Além disso, está crescendo a cultura empresarial de capacitar colaboradores para não precisar demitir e depois recontratar outro mais experiente. Tanto pela aposta da empresa em seus próprios funcionários, quanto pela possibilidade de gerar menos gastos.

Mas se você tem dúvidas na hora de calcular o valor do seu treinamento, chegou ao lugar certo. Determinar esse preço não é tão simples assim, mas saiba que não há muito segredo.

Neste artigo você vai aprender quanto cobrar por um treinamento online! Preparado(a)? Então boa leitura!

Por que investir em treinamento online?

Antes de aprender quanto cobrar por um treinamento online, é preciso saber por que investir em um atualmente é uma ótima ideia.

Os treinamentos online são muito convidativos, seja por empresas, seja por pessoas que estão buscando capacitação por conta própria. A procura por esse tipo de ensino está em grande crescimento, independentemente se a empresa adere ao trabalho presencial, híbrido ou home office.

Só para se ter uma ideia, a pesquisa Statista Global Consumer Survey, realizada no Brasil em 2022, fez a seguinte pergunta para os entrevistados: “Em quais dos seguintes serviços de treinamento profissional você gastou dinheiro nos últimos 12 meses?”

Cerca de 26% dos entrevistados responderam à pergunta com “Treinamentos/cursos online”. Parece um número razoável, não?

Além disso, segundo a 16ª edição do Panorama do Treinamento no Brasil, de 2021-2022, 69% das ações de treinamentos para empresas no Brasil foram realizadas em formato online/EAD.

Mas saiba que se os números de procura por esse serviço são grandes, os de oferta também. Por isso, é preciso se destacar, criando bons treinamentos onlines. Veja abaixo algumas dicas para criar um treinamento EAD espetacular.

Dicas para um bom treinamento online

Leve em consideração os seguintes tópicos na hora de desenvolver o seu treinamento online.

  • Entregue um conteúdo relevante: o óbvio também precisa ser dito. Garanta que o conteúdo do treinamento está bom, com boa didática e atualizado;
  • Adeque o conteúdo com a realidade do cliente: se for possível, faça uma pequena pesquisa sobre o seu cliente e altere algumas partes do conteúdo para assuntos e exemplos mais próximos da sua realidade;
  • Invista em uma boa plataforma: para um treinamento online, uma boa plataforma é muito importante. Se a experiência do usuário não for boa, não há conteúdo que compense.

Se o seu treinamento já possui os pontos acima, está na hora de definir quanto cobrar por um treinamento online.

quanto cobrar por um treinamento

Quanto cobrar por um treinamento online?

Chegou o momento de aprender quanto cobrar por um treinamento online e saber precificar o seu serviço. Veja abaixo o passo a passo.

Veja também: Ganhar mais de 100 reais por dia.

Entenda as particularidades do seu público

Pesquise bastante sobre quem é o público do seu treinamento online. Só conhecendo muito bem a sua persona é que será capaz de definir o valor final que será cobrado.

Afinal, não adianta nada cobrar um valor muito alto se o público a quem o treinamento é destinado não está disposto a pagar esses valores.

E o contrário também vale: se seu público é capaz de pagar um valor mais alto por um treinamento, caso abaixe muito o valor, você estará perdendo uma oportunidade de ganhar mais por cliente.

Estude a concorrência

É essencial que você estude muito bem a concorrência. O que estão fazendo, como estão fazendo e quanto estão cobrando.

Se abaixar o valor demais, pode até conseguir um número maior de clientes, mas no final das contas pode estar arrecadando o mesmo que quem estabeleceu um ticket alto. Já se cobrar demais, perderá a clientela para a concorrência.

O ideal é manter um preço competitivo e buscar oferecer sempre algo a mais do que já estão fazendo.

Aposte na sua formação

Se você tem uma boa experiência no mercado, não tenha medo de cobrar por ela!

Pesquise quanto a hora dos profissionais da sua área valem de acordo com sua experiência e inclua ao contabilizar o valor final.

Avalie o produto final

É muito importante fazer uma avaliação do produto final. O treinamento entrega tudo o que promete? Resolve as dores da sua persona? Seja crítico nessa avaliação.

Além disso, leve em consideração o formato do treinamento. Ele será transmitido de modo gravado ou ao vivo? Terá a possibilidade de tirar dúvidas com os especialistas que estão passando o treinamento? Qual a duração do treinamento, algumas horas ou semanas?

Quanto mais o curso oferecer, mais ele vale.

Calcule todos os gastos

Para definir quanto cobrar por um treinamento online você precisa calcular todos os gastos que teve ao longo do desenvolvimento do produto.

Coloque tudo no papel: gastos com o desenvolvimento do conteúdo, compra de materiais, plataforma de hospedagem, horas trabalhadas, marketing para divulgação.

O valor total de arrecadação com o negócio deve cobrir esses custos e gerar mais um lucro.

Estipule uma margem de lucro

Por fim, na hora de decidir quanto cobrar por um treinamento online, você vai precisar definir a sua margem de lucro.

Comece estabelecendo um valor total que gostaria de ganhar com o treinamento (levando em consideração todos os gastos já previamente computados). Faça uma divisão do valor por uma estimativa de quantos clientes você espera que fechem negócio com você.

Por fim, analise esse valor final. Esse número está próximo do que a concorrência vem aplicando? Está de acordo com sua experiência? O seu público pode pagar por ele?

Só lembre-se de estabelecer uma margem de lucro realista.

Seguindo esses passos você será capaz de finalmente precificar o valor do seu treinamento online!

Afinal, quanto cobrar por um treinamento online?

A verdade é que o valor final vai depender da quantidade de horas, do tempo investido e até mesmo do assunto e da plataforma escolhida.

É necessário muita pesquisa sobre o seu nicho, público-alvo, concorrência e os custos totais para a produção do infoproduto. Além disso, é preciso levar em consideração o bom senso na hora de estipular uma margem de lucro.

Anotou tudo? Então que tal compartilhar esse post com aquela pessoa que ainda precisa aprender quanto cobrar por um treinamento online?

Este GP foi escrito pela EAD Plataforma, plataforma para hospedagem e gestão de cursos EAD para escolas, universidades, empresas e produtores digitais. Com mais de 1.400 clientes ativos, na EAD Plataforma você encontra uma interface simples, intuitiva e de fácil personalização!

Comentários

Salvar