Em dúvida sobre contratar um plano de saúde PME? Veja quais critérios levar em conta para escolher a melhor opção para a sua empresa

Escolher um plano de saúde para PME é uma tarefa que requer esforço e dedicação. Existem diversas opções no mercado, porém, para as pequenas e médias empresas é importante avaliar se os benefícios atenderão aos funcionários, como acontece nas grandes companhias. Outro ponto relevante antes de fechar um contrato é analisar o valor investido para que não prejudique as finanças da empresa.

Oferecer um plano de saúde para os colaboradores contribui para melhorar a saúde mental, aumentar a produtividade, além de evitar a procrastinação. Ainda assim, você sabia que poucas instituições oferecem um convênio de saúde? Segundo os dados da Ticket, companhia do setor de refeição e alimentação, 30% dos colaboradores não têm opção de cobertura médica corporativa, muito menos para simples exames de rotina.

Por outro lado, uma classe de empresários cada vez mais consciente já está adotando a medida com a intenção de proteger os integrantes do seu time. Quando se chega a este consenso, inicia-se a procura pelas melhores empresas do ramo com serviços de primeira linha.

Neste artigo, veja algumas sugestões especiais de como contratar um plano de saúde para PME e, assim, atender melhor a sua empresa para que você durma tranquilo sem ficar pensando no custo-benefício.

Como contratar um plano de saúde para PME? 11 dicas práticas

Após uma assinatura mal-sucedida, é muito comum as pequenas empresas reclamarem dos serviços prometidos. Em muitas situações, o contratante não se habituou às acomodações, em outros casos, porque o atendimento médico não foi como esperado, e por aí vai.

Conforme a pesquisa mais recente do IDEC (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor), em 2019, as operadoras de plano de saúde seguem no ranking como o segmento com maior número de reclamações. Com o intuito de mudar essa estatística, selecionamos 11 sugestões para você avaliar antes de escolher o plano de saúde PME:

Examine a classificação das operadoras

Como os números de queixas refletem o desgosto com o serviço, analise com cautela como a operadora escolhida está posicionada no ranking geral. O site Reclame Aqui é um bom termômetro para este tipo de busca.

Considere as melhores acomodações

Será que o plano de saúde comporta estabelecimentos de qualidade? Procure saber quais são os tipos de hospitais e clínicas oferecidos.

Pesquise as localidades disponíveis

Os planos podem ser por regiões, municipais, estaduais ou internacionais. Se os seus funcionários viajam com frequência a trabalho, talvez valha a pena disponibilizar uma opção geográfica mais abrangente.

Invista na coparticipação, se necessário

Para pequenas e médias empresas, a coparticipação é algo bastante corriqueiro porque o custo não é considerado alto. Em estudo publicado pela Mercer Brash Benefícios, 74% das empresas utilizam o recurso. Neste caso, os usuários pagam um valor reduzido descontado em folha como parte dos procedimentos médicos. Na prática, quem usa pouco gasta menos em comparação aos contratantes do serviço completo.

Escolha o melhor recurso assistencial

Como os tipos de acomodações e regiões, a cobertura também pode sugerir alternativas. Neste caso, há dois segmentos: ambulatorial ou hospitalar, com ou sem cobertura de parto.

Considere os reajustes dos planos de saúde

Como acontece anualmente com os boletos, os planos de saúde também sofrem aumentos significativos. Nesse ponto, existem três modalidades de reajustes: um por causa da inflação médica, outro pela sinistralidade (diferença entre o valor dos custos com o beneficiário e as mensalidades pagas por ele para o plano de saúde) e a mudança de faixa etária, que ocorre em média a cada quatro anos.

Tire todas as suas dúvidas

Não se acanhe, pergunte tudo para não se arrepender após a assinatura do contrato. Questões como “quando começo a usar o plano de saúde?” e “vocês têm recursos adicionais para quem sofre de diabetes ou outros tipos de doenças?” são bastante habituais.

Atente-se ao contrato antes da assinatura

Como consumidor você precisa estar de olho em cada linha antes de assinar o contrato. Caso haja termos técnicos de difícil entendimento, pergunte até ficar claro ao atendente ou a um especialista no assunto.

Organize as contas da empresa

O empresário disposto a saber como contratar um plano de saúde PME precisa ficar atento aos direitos legais. Exceder os limites das finanças pode ser uma grande dor de cabeça, sujeito a criar problemas futuros, principalmente para o setor de contabilidade da empresa.

Defina o plano para o tipo de funcionário

É viável fazer uma relação entre empregado e qual plano o atenderá. Por exemplo, para uma equipe estratégica com maior nível hierárquico, pode-se optar pela oportunidade com reembolso e médicos de livre-escolha. Por outro lado, para um formato mais operacional, costuma-se adquirir um contrato com poucos recursos.

Do mesmo modo, os apartamentos ou quartos individuais são normalmente solicitados para gestores, presidentes ou pessoas com cargos qualificados. Para aqueles com perfil operacional e que tenham menos custo para a empresa, contratam-se acomodações coletivas.

Lembre-se da política de desconto

A política de desconto é um ponto a ser pensado. Os empresários podem sugerir regras nas mensalidades dos colaboradores, como, em questão de desligamento, ele poderá continuar com o contrato por cerca de 1/3 do tempo, ou seja, entre seis e 24 meses. Em caso de aposentadoria, contribuindo com a mensalidade por mais de 10 anos, ele terá a chance de ser vitalício na apólice da empresa.

Entre em contato com a Proativa, o melhor custo-benefício para sua empresa:

proativa

Vale a pena investir em uma corretora de saúde para contratar um convênio?

Se você ainda está em dúvida sobre como contratar um plano de saúde para PME, saiba que pode contar com a ajuda de uma corretora especializada em seguro saúde como a Proativa.

Com 20 anos de experiência na escolha e gestão de planos de saúde para pequenas e médias empresas, a Proativa oferece para a sua PME o que há de melhor no mercado de seguro saúde, tudo de maneira ágil e confiável.

Em outras palavras, deseja uma seguradora de verdade que traz os melhores benefícios para os seus clientes? A Proativa é a opção certa para a sua empresa. Além de confiança e agilidade, ela é transparente ao fazer um estudo de mercado e sugerir qual o plano de saúde apropriado para você e seus colaboradores. Quer saber mais? Entre em contato com a Proativa agora mesmo!

Confira a entrevista com Michel Wajs, da Proativa, sobre como as empresas podem ajudar na saúde mental e física dos seus funcionários:

 

Comentários

Este blog tem o orgulho de ter o apoio destas marcas:
Salvar