Quem investe seu dinheiro pensando no futuro já se perguntou se deve investir em CDB ou em Previdência Privada.

Essas são duas possibilidades muito interessantes para se investir, mas que tem certas particularidades que devem ser observadas antes de se escolher uma ou outra.

Por isso, se você tem dúvidas se deve investir em um CDB ou na Previdência Privada, fique com a gente que iremos explicar como cada uma funciona e quando escolher cada uma delas.

O que é o CDB?

O CDB ou Certificado de Depósito Bancário é um investimento em renda fixa com baixo risco. Ele funciona como um empréstimo que você faz para o banco, que irá te pagar na data combinada o valor emprestado acrescido de juros.

Existem CDBs que são atrelados ao CDI, e por isso eles são chamados de pós-fixados, uma vez que o valor dos juros será calculado no momento do resgate.

Porém, existem opções de CDBs pré-fixados, e nesse caso o valor dos juros já é determinado no momento do investimento.

Muitos investidores escolhem investir em CDBs por ser um investimento seguro, que garante um rendimento que preserva o capital investido.

Além disso, se o objetivo com o investimento é uma liquidez de curto prazo, é possível encontrar diversas opções de CDB que se enquadram nesse caso. 

O que é Previdência Privada?

A Previdência Privada é uma modalidade de investimentos que procura a aposentadoria do investidor, construindo um montante de recursos que será usado quando ele atingir certa idade.

Existem duas modalidades de previdência:

  • VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre): Essa modalidade não possui dedução fiscal das contribuições, porém apenas os rendimentos são tributados na hora do resgate.
  • PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre): Nesse caso, as contribuições mensais sofrem dedução do imposto de renda.

A Previdência Privada se torna uma fonte de renda na aposentadoria, com uma vantagem enorme se comparada com a aposentadoria do INSS. O patrimônio acumulado pode ser transmitido para o beneficiário em caso de falecimento.

Também existem diversas opções de previdências privadas disponíveis e, como sempre, é necessário realizar uma pesquisa a respeito das taxas e do histórico de rendimento desse investimento.

Quando escolher investir em CDB?

Dependendo do seu objetivo com o investimento, o CDB é uma excelente escolha, principalmente se o resgate do valor for realizado em curto prazo. Por isso, confira os principais motivos para você escolher investir em um CDB:

Montar sua reserva de emergência: Deixar seu dinheiro em um CDB com liquidez diária é uma excelente escolha para situações emergenciais.

Economizar para uma viagem: Guardar dinheiro em um CDB para planejar uma viagem em um ou dois anos ajuda a economizar e rentabilizar o seu dinheiro.

Fazer uma reforma: CDBs de curto prazo são excelentes para fazer reformas e construções.

Pagar o casamento: Usar o CDB como local onde irão investir o dinheiro para o casamento ajuda o casal a conseguir um rendimento interessante que pode ajudar nos gastos do casamento.

Veja que todos esses objetivos podem ser de curto ou médio prazo. Dificilmente alguém irá investir em um CDB pensando a longo prazo ou aposentadoria.

Quando escolher investir em Previdência Privada?

Quando o assunto é investir em Previdência Privada, normalmente o que se está buscando é a construção de um patrimônio que será utilizado na velhice como renda complementar ou principal. Confira as principais razões para escolher a Previdência Privada:

Ter uma aposentadoria mais tranquila: a Previdência Privada pode gerar uma renda importante, garantindo uma velhice mais tranquila financeiramente.

Aproveitar benefícios fiscais ao investir: algumas modalidades de previdência permitem ao investidor aproveitar de benefícios fiscais, tornando esse investimento ainda mais lucrativo.

Diversificar os investimentos: as previdências privadas oferecem diversificação de portfólio para o investidor.

Com foco em uma aposentadoria tranquila, a Previdência Privada é uma excelente opção para acumular um patrimônio que irá rentabilizar em sua velhice e passar aos seus descendentes.

CDB ou Previdência Privada? Qual escolher?

Como visto até aqui, cada um desses investimentos possuem uma característica própria e são indicados para diferentes tipos de objetivos.

Por isso, é importante que você tenha clareza no que quer com os seus investimentos e no prazo que está disposto a esperar para usufruir do valor.

Além disso, é importante que se tenha clareza a respeito dos benefícios fiscais de cada investimento, da liquidez e da segurança de cada um deles.

Muitas vezes, investidores se perdem porque não têm objetivos claros e não realizam pesquisas básicas para colocar seu dinheiro em um investimento seguro.

Por isso, se você chegou até aqui já entendeu como o CDB e a Previdência Privada funcionam, e pode agora decidir qual deles se enquadra melhor nos seus objetivos.