Se você gosta do mercado de investimentos e estuda sobre o assunto, provavelmente já ouviu falar sobre os Fundos de Private Equity.

Essa é uma modalidade de investimento um pouco diferente das outras, mas que é muito importante para a economia e para as empresas, e tem se tornado comum principalmente para investidores de alta renda.

Por isso, para saber mais sobre o que é Private Equity e como funciona essa modalidade de investimento, continue a leitura.

O que é Private Equity?

Os Fundos de Private Equity funcionam de maneira semelhante aos fundos de ações listados na Bolsa de Valores.

Porém, o que os diferencia é que eles compram participação em empresas com capital fechado, que ainda não fizeram o IPO e por isso não estão disponíveis para compras no mercado acionário.

Esses fundos possuem uma gestão profissional e procuram empresas de grande potencial de crescimento. Ao se tornar sócio delas, os gestores têm uma atuação ativa na empresa, ajudando ela a encontrar melhores oportunidades, baratear seus custos, negociar suas dívidas e aumentar suas receitas.

Essa é uma forma de investimento alternativa muito importante para a economia, mas também para empresas que precisam de investimentos para dar seus primeiros passos ou expandir seus negócios.

Quais são as categorias de Private Equity?

Os investimentos dos Fundos de Private Equity são divididos em 3 categorias diferentes, que dizem respeito ao estágio de desenvolvimento que a empresa que receberá o aporte está e ao grau de risco do investimento.

As 3 categorias são:

1. Seed Capital

Também chamado de “capital semente” esse investimento é feito em empresas embrionárias, que estão se estruturando e dando seus primeiros passos.

É um investimento de alto risco, uma vez que o sucesso da empresa é incerto. Porém, nessa modalidade de investimento o fundo ganha uma participação acionária no negócio, o que pode garantir um excelente retorno financeiro.

2. Venture Capital

O Venture Capital é o investimento feito em empresas em estágio inicial, que já geram receita, mas ainda não têm estabilidade nem lucro.

Também é um investimento de risco, mas menos arriscado que o Seed Capital, e também dá ao fundo uma participação acionária na empresa.

3. Private Equity

Por fim, o Private Equity acontece quando os fundos investem em empresas para expandir a sua atuação, uma vez que as companhias que recebem esse investimento já estão consolidadas, com lucros constantes e uma gestão mais madura.

Como investir em um fundo de Private Equity?

Não são todos os investidores que podem investir em um Fundo de Private Equity. Para ter acesso a essa modalidade de investimento, é necessário ser um investidor qualificado ou investidor profissional.

Por isso, o acesso a esse investimento é bem restrito. Porém, isso não quer dizer que sempre será assim. 

Outros investimentos também eram limitados a um grupo específico de pessoas e, hoje, estão disponíveis para todos, como os BDRs.

Por isso, se você já quer estar preparado para investir nos Fundos de Private Equity caso eles sejam acessíveis, abra uma conta em uma corretora de valores.

Investindo com uma assessoria especializada

Apesar de os fundos de Private Equity ainda não estarem disponíveis para todos os investidores, é possível encontrar boas possibilidades na Bolsa de Valores, seja para quem possui um perfil de investidor arrojado, moderado ou conservador.

E com a conta Santander Select você tem uma assessoria especializada para tirar dúvidas e investir com toda a segurança que só um banco centenário pode oferecer.

Para abrir a sua conta Select você precisar ter:

  • R$ 30.000 em investimentos + R$ 10.000 de renda mínima mensal;
  • R$ 150.000 em investimentos sem precisar comprovar renda, ou
  • Ser médico.

Clientes Select além da assessoria para investir, possuem diversos benefícios exclusivos, como:

  • Acesso a mais de 850 salas VIP Mastercard e mais de 1.000 salas VIP Visa.
  • Atendimento personalizado e assessoria com especialistas.
  • Chat exclusivo disponível 24h por dia.
  • Isenção de tarifas em transferências internacionais, saques, compra e venda de moedas.
  • Pontuação no programa Esfera ou Membership Rewards (dependendo do cartão).
  • Mais de 200 espaços de atendimento com conforto e privacidade.
  • 50% de redução na anuidade dos cartões de crédito elegíveis.

Para saber mais, é só clicar abaixo e começar hoje mesmo:

Santander Select

Cliente Santander Select conta com uma assessoria especializada para seus investimentos.

Cliente Santander Select conta com uma assessoria especializada para seus investimentos.

URL verificada