Afinal, como o e-mail marketing pode ajudar sua empresa a vender mais? O que é, por que investir e como criar uma campanha [passo a passo]

Entre as estratégias de marketing digital, o e-mail marketing é uma das ações que mais gera retorno sobre investimento, alcançando cerca de $38 a cada $1 investido, isso significa 3800% de ROI.

Impressionante? Realmente, o uso do e-mail marketing tem um impacto muito positivo para organizações de todas as áreas e portes. 

Segundo pesquisas, 59% dos profissionais de marketing B2B afirmam que e-mail é o canal mais eficaz para gerar receita

Já em relação a negócios digitais, como e-commerce, 44% dos leads realizam ao menos uma compra por ano baseado em um e-mail promocional.

Entretanto, mesmo impressionantes, resultados como estes não surgem do nada. É preciso estratégia e um bom plano para vender e se relacionar com seus clientes, usando e-mail marketing. 

Pensando em ajudar você que está começando a pesquisas sobre essa estratégia, criamos este artigo direto ao ponto, que apresenta:

  • o que é e-mail marketing, 
  • por que e-mail marketing é importante para as empresas,
  • como fazer uma campanha de e-mail marketing,
  • ferramentas para envio de e-mail marketing.

O que é email marketing?

E-mail marketing é uma estratégia de marketing digital que usa ferramentas de envio de e-mail para se comunicar com leads e clientes, apresentando novidades, compartilhando promoções, oferecendo conteúdo relevantes e mais. 

Entre os objetivos do e-mail marketing está a nutrição de leads, uma das etapas centrais de uma estratégia de Inbound Marketing

O Inbound Marketing, ou marketing de permissão, é construído a partir do novo conceito de marketing que propõe um discurso muito mais voltado a ensinar o leitor e contribuir para a jornada de compra dele, do que o antigo modelo que previa a interrupção do trajeto natural do usuário, para apresentação de anúncios e promoções. 

O Inbound marketing trabalha com os conceitos como jornada do cliente e funil de vendas, e dentro dessa lógica o e-mail pode ser usado como canal e estratégia de gestão de leads, com o objetivo de transformá-los em clientes

funil de vendas

Fonte: dBriefing

O e-mail marketing, entretanto, também faz parte das ações de Outbound Marketing que tem uma pegada mais “tradicional”, conhecida como marketing de interrupção. Além do e-mail, outros exemplos de ações de marketing Outbound são: 

  • mala direta, 
  • e-mails de prospecção, 
  • propagandas em TV, rádio e internet,
  • anúncios online, 
  • telemarketing e mais. 

O outbound e-mail marketing difere do Inbound, principalmente, em relação ao tipo de mensagem que é enviada e à forma como os leads são captados

Enquanto no Inbound os leads chegam até a empresa espontaneamente, em busca de algum material que acharam interessante, como um ebook, no Outbound os leads são, geralmente, encontrados pelos profissionais de vendas e marketing, sem nunca terem tido qualquer contato com a sua empresa. Por isso, também recebem o nome de cold mail, ou e-mail frio. 

É importante destacar que independente da sua estratégia a compra de uma base de leads não é uma boa prática! Na verdade é uma prática proibida por lei e deve ser evitada a todo custo, porque também é mal vista pelos leads e clientes. 

Por que e-mail marketing é importante para as empresas?

Seja por meio do Inbound Marketing ou Outbound Marketing, o e-mail é um canal que propicia um contato direto entre a sua empresa e um cliente em potencial.

O e-mail marketing permite que você leve sua mensagem até o lead e faz isso gerando um custo muito mais baixo para a sua empresa, do que o realizado em ações de anúncios pagos, por exemplo.  

Por isso, o e-mail marketing é muito usado no Inbound: depois de atrair um usuário para uma página da sua empresa e convertê-lo em lead, a partir do oferecimento de um conteúdo relevante, seu negócio passa a se relacionar com esse usuário a partir do e-mail, evitando o custo de ter que atraí-lo, novamente, por meio de anúncios pagos. 

Além dessas, existem outras vantagens para usar e-mail marketing em suas estratégias, são elas:

  • o e-mail marketing é 40 vezes mais efetivo para aquisição de novos clientes do que algumas redes sociais, entre elas o Facebook, 
  • contribui para a nutrição de leads dentro de uma estratégia de Inbound Marketing, 
  • facilita o avanço dos leads para as próximas etapas do funil de vendas
  • vendas realizadas a partir do e-mail marketing apresentam ticket médio maior que as realizadas a partir das redes sociais, 
  • o e-mail permite uma melhor segmentação do público para compartilhamento personalizado de mensagens e ofertas, 
  • 72% dos consumidores escolhem email como o melhor canal para receber comunicações de empresas e marcas,
  • permite contato direto das empresas com seus leads e clientes.

Como fazer uma campanha de e-mail marketing?

Entendido o que é e-mail marketing e porque a sua empresa deve considerar a introdução dessa estratégia no plano de ação, seguimos para entender como fazer uma campanha que use esse canal.

Antes vamos a um “o que não fazer” especial? Nada de disparar e-mail marketing em massa para toda a sua lista de leads. É importante que você entenda que cada um está em uma etapa do processo de compra e, por isso, deve receber uma comunicação que esteja alinhada à etapa em questão. 

Bom, com isso em mente, seguimos para cinco passos simples, que você deve seguir para fazer uma campanha de e-mail marketing:

  1. Capture leads
  2. Defina quais os perfil de clientes a sua empresa tem
  3. Estabeleça qual e-mail cada perfil de cliente vai receber
  4. Crie o layout do e-mail 
  5. Use uma ferramenta de disparo de e-mail

Entenda cada uma, a seguir. 

1. Capture leads

Leads são contatos de pessoas que a sua empresa tem e com os quais pode se comunicar. 

Sem leads, você não tem para quem enviar o e-mail que está criando. Por isso, o primeiro passo de uma campanha de e-mail marketing é, justamente, gerar leads

2. Defina quais os perfis de clientes a sua empresa tem

Para quem a sua empresa vende? Entenda o perfil de cliente que pode ser atendido pela sua empresa, ou melhor, o perfil de cliente ideal para a sua empresa. 

Vá além da definição de gênero, idade e faixa de renda e considere também comportamentos e interesses. 

Em suma, monte as personas da empresa e entenda quais são os perfis que vão receber o seu e-mail. 


3. Estabeleça qual e-mail cada perfil de cliente vai receberComo dissemos, é fundamental segmentar a base de leads para que os contatos recebam o e-mail ideal para a etapa da jornada de compra em que se encontram. 

Para segmentar a base considere a pessoa que vai receber e a etapa da jornada de compra em que ela está. 

Defina o melhor assunto para tratar com esse lead por e-mail, qual conteúdo compartilhar, qual dica oferecer e mais. 

Envie um e-mail direcionado para leads que estejam alinhados a essas características e que se interessem pelo assunto que está sendo abordado no e-mail.  

Aqui é importante entender que nem todo e-mail da sua empresa será comercial, com ofertas de produtos e serviços. Muitos serão para educar e nutrir leads que ainda não estão na etapa de compra. 

4. Crie o layout do e-mail

O layout do e-mail marketing é um elemento muito importante. Primeiro, tenha certeza que você não está enviando todo o texto em formato de e-mail. Prefira enviar e-mails em HTML e com o texto fora das imagens. Assim, se as imagens não carregarem, o lead poderá ler o e-mail normalmente. 

Além disso, tenha atenção:

  • ao assunto do e-mail, ele precisa fazer o leitor ter interesse em abrir seu e-mail, 
  • use um bom título dentro do e-mail, que explique sobre o que se trata, 
  • considere o uso de imagens e vídeos para gerar mais engajamento, 
  • apresente uma boa oferta para o lead interagir com o material (nem sempre uma oferta é um desconto, brinde ou produto, pode ser um conteúdo extra relevante), 
  • crie um bom CTA. 

Quer ter uma inspiração? Confira alguns exemplos de e-mail marketing. 

5. Use uma ferramenta de disparo de e-mail

E-mail criado, o próximo passo é enviá-lo. Para isso, não é aconselhado o uso de plataformas como a sua ferramenta de e-mail do dia a dia. 

O disparo de e-mail marketing exige o uso de uma ferramenta especializada que, além de te ajudar a criar o e-mail, também vai permitir o envio do material.

Escolha uma ferramenta que ofereça templates prontos e editáveis e observe o quanto essa ferramenta contribui para a segmentação de clientes. 

Uma ferramenta de automação de marketing permite a criação de fluxos de nutrição automatizados, tornando mais eficaz sua estratégia e garantindo que o lead receberá uma sequência de e-mails apropriada, de acordo com seu comportamento em relação ao material, à sua etapa da jornada de compra e, claro, à persona. 

Uma ferramenta de envio de e-mail marketing é fundamental para os resultados que você espera alcançar e não deve ser escolhida sem a devida atenção. Estamos falando de uma ferramenta que vai muito além do envio do material, mas fundamental para todas as etapas da estratégia, inclusive a conversão de leads em clientes

Esperamos que este guia sobre e-mail marketing tenha te ajudado a tirar suas principais dúvidas e começar a colocar a mão na massa!

Este artigo foi escrito pela LAHAR, um software de Automação de Marketing completo que vai te ajudar a aplicar as ações de redes sociais, e-mail marketing, SEO e muito mais de maneira mais simples e assertiva, com relatórios completos e atualizados em tempo real. Faça seu teste grátis por 15 dias e converse com um de nossos especialistas.

Comentários

Este blog tem o orgulho de ter o apoio destas marcas:
Salvar